DOCLISBOA 2010 – DESTAQUES 21 DE OUTUBRO

Hoje destacamos a sessão de “Where is Where?”, de Eija-Liisa Ahtila, que reflecte o modo como a história afecta a nossa percepção da realidade, com base num acontecimento ocorrido há 50 anos durante a guerra na Argélia (17h30 Alvalade sala 1). François Kohler conta-nos “Le Souffle du Désert”, uma viagem de 13 homens que não se conhecem e uma aventura física e emocional pelo deserto (22h15 Alvalade sala 3).

“Avé Maria” de Gustavo Pérez mostra os “novos artesãos” que diariamente arriscam a vida numa mina de cobre cubana, para se dedicarem ao artesanato do santuário da Virgem da Caridade (18h Londres, sala 1).

Comes Chahbazian retrata fragmentos da vida em Erevan, capital da Arménia, duas décadas depois do colapso soviético, em “Down Here” (18h30 Londres, sala 2).

Na Culturgest recebemos de novo Gianfranco Rosi com “El Sicario, Room 164” (21h Grande Auditório) e José Vieira com “Le Bateau en Carton” (15h30 Pequeno Auditório) e chamamos a atenção para o facto de todas as sessões, à excepção de “Boxing Gym” e “Totó”, terem um debate a seguir à exibição do filme.

O São Jorge rende-se de novo à música com “Yemen Travelogue” e o realizador Michael Pilz estará lá para contar a viagem até Shibam, a lendária “Manhattan do deserto” (16h, sala 3). Mika Hotakainen, um dos realizdores de “Steam of Life” vem apresentar o curioso filme onde as histórias dos homens são contadas dentro de uma sauna.

No Londres, Rita Bakacs e David Yon apresentam os seus filmes, a curta “Mendelssohn Bartholdy” e a média-metragem “Les Oiseaux d’Arabie”.

No Cinema Alvalade destacamos o filme de Peter von Bagh “Helsinki Forever”, sessão apresentada pelo realizador. Bagh mostra-nos não só uma montagem-retrato da cidade mas um ensaio sobre a cultura finlandesa.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This