edpcooljazz teve cerca de 35.000 espetadores

A melhor edição de sempre, poder-se-á concluir. No ano em que celebra a sua 10ª edição, o edpcooljazz recebeu perto de 35 mil espetadores num total de 7 noites de concertos individuais de Ana Moura e Luisa Sobral, Maria Gadú e Djavan, Lee Fields and The Expressions e Escort, Diana Krall, Jamie Cullum e John Legend, que encerrou o certame no sábado com chave de ouro. No ano anterior, o evento tinha contado com 6 noites de concertos chegando a 26.700 pessoas. Em 10 anos, o edpcooljazz recebeu mais de 100 artistas nacionais e internacionais, e superou os 250.000 espetadores, posicionando-se como o evento de referência e diferenciador dos restantes eventos musicais de Verão.

Realizado entre os belíssimos Jardins Marquês de Pombal e o Estádio Municipal de Oeiras no Parte dos Poetas, o edpcolljazz marcou a agenda de julho e a preferência de um público que valoriza o encontro entre a música de qualidade, o património cultural e a natureza e uma maior proximidade entre o público e os artistas, pela sua limitação de lugares sentados e em pé.

Trata-se do mais glamoroso festival português com uma personalidade entre o charme e o bom gosto, numa fusão entre a natureza, o património e a música.

Foi aliás, pelos artistas que o evento mereceu grandes elogios, de Djavan a Diana Krall ou às super estrelas Jamie Cullum, repetente neste festival, bem como John Legend, que se estreou em Portugal. John Legend agradeceu ao edpcooljazz pela “extraordinária receção da organização e do público”, referindo que gostava de voltar a atuar neste festival.

Karla Campos, da Live Experiences, co-promotora deste festival refere que “este foi o ano em que o edpcooljazz atingiu a sua maturidade, o seu ponto mais alto, pela extraordinária qualidade do cartaz e pelo extraordinário público que acorreu às grandes 7 noites de concertos. É um evento que só tem margem para crescer, com qualidade”.

Luís Montez, da Musica no Coração, co-promotora do edpcooljazz, explica que “o lugar deste evento musical no panorama cultural português é cada vez mais relevante, pois preenche as expetativas de um público adulto e amante da música que procura um formato diferente dos restantes festivais que se realizam nesta altura em Portugal”.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This