edpcooljazz teve cerca de 35.000 espetadores

A melhor edição de sempre, poder-se-á concluir. No ano em que celebra a sua 10ª edição, o edpcooljazz recebeu perto de 35 mil espetadores num total de 7 noites de concertos individuais de Ana Moura e Luisa Sobral, Maria Gadú e Djavan, Lee Fields and The Expressions e Escort, Diana Krall, Jamie Cullum e John Legend, que encerrou o certame no sábado com chave de ouro. No ano anterior, o evento tinha contado com 6 noites de concertos chegando a 26.700 pessoas. Em 10 anos, o edpcooljazz recebeu mais de 100 artistas nacionais e internacionais, e superou os 250.000 espetadores, posicionando-se como o evento de referência e diferenciador dos restantes eventos musicais de Verão.

Realizado entre os belíssimos Jardins Marquês de Pombal e o Estádio Municipal de Oeiras no Parte dos Poetas, o edpcolljazz marcou a agenda de julho e a preferência de um público que valoriza o encontro entre a música de qualidade, o património cultural e a natureza e uma maior proximidade entre o público e os artistas, pela sua limitação de lugares sentados e em pé.

Trata-se do mais glamoroso festival português com uma personalidade entre o charme e o bom gosto, numa fusão entre a natureza, o património e a música.

Foi aliás, pelos artistas que o evento mereceu grandes elogios, de Djavan a Diana Krall ou às super estrelas Jamie Cullum, repetente neste festival, bem como John Legend, que se estreou em Portugal. John Legend agradeceu ao edpcooljazz pela “extraordinária receção da organização e do público”, referindo que gostava de voltar a atuar neste festival.

Karla Campos, da Live Experiences, co-promotora deste festival refere que “este foi o ano em que o edpcooljazz atingiu a sua maturidade, o seu ponto mais alto, pela extraordinária qualidade do cartaz e pelo extraordinário público que acorreu às grandes 7 noites de concertos. É um evento que só tem margem para crescer, com qualidade”.

Luís Montez, da Musica no Coração, co-promotora do edpcooljazz, explica que “o lugar deste evento musical no panorama cultural português é cada vez mais relevante, pois preenche as expetativas de um público adulto e amante da música que procura um formato diferente dos restantes festivais que se realizam nesta altura em Portugal”.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This