EU#7 – Ilha de Tavira

Ilha de Tavira

É da minha sincera opinião que todos os portugueses deveriam passar uma noite na Ilha de Tavira uma vez na vida… se bem que, como tudo o que é bom na vida, já não é o que era…

Segue as setas para o Algarve… Vais lá chegar e terás que tomar uma opção, ou segues para Oeste, na direcção de Sagres, ou segues para Este na direcção de Espanha. Segue para Espanha e, pouco antes de chegares à terra de nuestros hermanos, vira para Tavira.

Vais encontrar uma cidadezinha cheia de história, rica em tradições com pessoas amistosas e uma gastronomia muito à base de peixe, cuja Cataplana de Marisco é o ex libris máximo. Em Tavira, cidade, há algumas coisas engraçadas para explorar. Procura a cidade velha, conhecida como Vila-A-Dentro, onde as noites se passam no Ref, um bar agradável, com um serviço agradável, em que a música varia entre o house e o reggae, passando pelo rock e pela música electrónica, tudo consoante o amigo da casa que está na cabine de DJ.

Podes também procurar os Moinhos da Rocha ou Pego do Inferno, que é uma cascata fluvial. Chegas lá seguindo as setas na beira do Rio Gilão, outra das belezas naturais da cidade, que desagua na Ria Formosa. Por fim, também podem procurar as riquezas arquoelógicas, ainda pertencentes ao concelho de Tavira, mas que ficam na direcção de Cachopo, serra adentro a 50km de Tavira.

Mas, passemos ao que interessa, a Ilha… esse local místico que pertence ao meu imaginário de infância, de adolescência e agora da idade pré-adulta!

Tudo começa nas 4 Águas, um local onde as águas do Rio Gilão, da Ria Formosa e do Oceano Atlântico se encontram. Daí podes avistar um dos empreendimentos turísticos mais bonitos do Algarve: o Hotel Vila Galé Albacora, onde costumava ser um dos maiores arraias de atum, está agora um hotel de 4 estrelas, onde até o ilustre do Durão Barroso se barricou este Verão…

Mas, adiante, nas 4 Águas, apanha o barco. No Verão é difícil, mas se apanhares o Barco Gilão, é o mais castiço. Tenta ir na proa e molha os pezinhos na Ria, enquanto a Ilha não chega! Ao chegares, sais para aquilo que nada mais parece do que uma praia fluvial, mas continua a andar… Penetra na Ilha! Vais chegar ao parque de campismo e depois os restaurantes, típicos restaurantes de praias, iguais a tantos outros do Sotavento algarvio… Delicia-te com uns banhos de mar quentinho e espera pela noite…

As experiências à noite sucedem-se, desde o barzinho na Parai com música ao vivo até ao outro, do outro lado, que tem house music a seguir pela noite até cerca das 2 da manhã. Aproveita estas horas para te atestares e ires conhecendo os amigos que já te rodeiam, porque a Ilha de Tavira é o sítio mais fácil para encontrares alguém que já não vês há algum tempo e para conheceres pessoas novas, que sem muito esforço surgem e as conversas vão fluindo…

Mas não existem só dois bares e as opções são mais que muitas, desde a comercialada ao house, escolhe o teu veneno! Só precisas de uma caipirinha ou uma litrada de sangria para a tua noite começar e conheces sensação melhor do que estar debaixo de um céu repleto de estrelas com o mar à tua frente, os pés enterrados na areia e a dançares a tua música preferida? Eu NÃO! E faço questão de ter essa experiência pelo menos uma vez por Verão!

Mas, quando a música começar a soar baixinho… não te preocupes, a festa não acabou, agora vem a parte mais louca e diferente desta experiência… Antes de mais, tenho que te avisar do…

KIT NOITE NA ILHA DE TAVIRA

Para ir passar uma noite à Ilha de Tavira há algumas coisas fundamentais que terás que levar, pois poderão fazer-te falta… São elas:

1. Saco-Cama, não penses que a noite ao relento e no mar é cheia de calor porque quando o frio da madrugada aperta é para todos;

2. Repelente – nem vou comentar este, basta dizer duas palavras – Ria Formosa!

3. Fenistil, se o de cima não resultar…

4. Qualquer coisita que se beba depois dos bares acabarem.

5. Biquini, Calções de banho, depende do teu gosto, porque com o calor das sangrias/caipirinhas/whatever, pode sempre apetecer-te ir ao mar em plena madrugada!

6. Escova de dentes! Depois de uma noite na ilha sabe tão bem lavar os dentinhos assim que acordas!

E pronto… Estás pronto para a tua noite!

Depois dos bares terminarem vês grupos a formarem-se um pouco por toda a parte do extenso areal mas, se esperares mais um pouco, verás uma fogueira a surgir um pouco mais afastada das áreas concessionadas e aí sim, terás uma noite repleta de emoções novas. As, já algo famosas, jam sessions das noites de Verão de Tavira incluem um pouco de tudo. já lá ouvi tocar flauta, os irritantes djambés, viola e até um violoncelo… A ideia é juntares-te a uma fogueira onde não conheces muita gente, fazer amigos, viver o Verão e dormir na praia. Antigamente, éramos uns 30 a dormir na praia, agora aquilo já parece o Sudoeste, mas a mística das estrelas cadentes continua a abençoar as noites bem passadas na Ilha de Tavira. O calor e o amor estão no ar e há corpos abraçados um pouco por toda a praia e ao amanhecer, sentes-te de bem com a vida com o nascer do Sol mais bonito que possas imaginar.

Falta pouco para acabar o Verão, corre para Tavira, vive o que puderes viver!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This