rdb_eurobest_day2_vice

Eurobest Dia#2 – Reportagem

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2012. The European Festival of Creativity

10h35 – 11h10 | Seminário com Graham Hodge, Director de Conteúdos e Marcas na LBi. Tema | LBi: The Baddest Ass In Town.

É possível acreditar que existe a chave para o sucesso através da criação de marcas de entretenimento. Porém, não é acerca disso que Graham Hodge veio falar. O director de Conteúdos e Marcas da LBi preferiu explicar como ter sucesso no Youtube, com mais de 800 milhões de utilizadores e onde mais de 4 biliões de horas de vídeo são visualizadas por mês.

Intitulou a sua apresentação de “Youtube Environment” e deu a conhecer os vídeos e canais com mais visualizações e seguidores, e revelou o que se deve ter em conta para não fazer asneira no Youtube:

1. Move faster: Numa sociedade em que tudo e todos estão ligados digitalmente, é fundamental testar a nossa capacidade de divulgação e partilha de conteúdos online;

2. Fresh Content: A actualização constante de informação é uma necessidade, considerando a dimensão de uma plataforma como o Youtube, onde se partilham mensagens digitais para o mundo;

3. Get Involved: Estar envolvido naquilo que se cria e produz, ser bastante dedicado e profissional.


O crescimento de uma marca pode ser determinado pela utilização do Youtube – afirmou Graham Hodge. Ou seja, os métodos de divulgação utilizados pelas Agências referentes a campanhas criativas reflectem a capacidade destas serem bem sucedidas na Internet. Porque uma boa campanha pode correr o mundo e tornar-se viral de um dia para o outro; este acontecimento deve-se ao facto de cada vez mais pessoas terem acesso à tecnologia, como é o caso da aplicação do Youtube para dispositivos móveis.

Tudo aplicado a uma marca, seja através da utilização do Youtube ou de outro canal digital, é fundamental para que as agências produzam conteúdos envolventes, actuais e eficazes – defendeu Graham Hodge. Caso contrário, o Youtube não servirá de muito para dizer que “I am the Baddest Ass In Town”.

11h10 – 11h45 | Seminário com Eka Roula da Hasan & Partners e Andreas Winter-Buerke da Kolle Rebbe. Moderador | Julian Boulding, Presidente da Thenetworkone. Tema | Thenetworkone: European Independent Agencies Showcase.

Foi com o palco cheio que teve início o seminário com os representantes das mais recentes agências independentes sediadas no Norte da Europa. Julian Boulding teve a honra de introduzir Andreas Winter-Buerke da Agência Kolle Rebbe de Hamburgo, Alemanha, e Eka Roula da Hasan & Partners, Finlândia.

Andreas Winter-Buerke foi o primeiro; falou de uma das campanhas que a sua empresa desenvolveu para a companhia aérea Lufthansa, “Nonstop You”. Desde a ideia à concepção dos produtos da campanha, explicou o processo criativo mostrando cartazes e outros suportes de comunicação utilizados. Com isto, quis tornar claro e evidente que o desenvolvimento da ideia determina o nível da execução e divulgação da mensagem de uma marca ou produto.

Já Eka Roula, da Hasan & Partners, apresentou os conceitos que estiveram na base da renovação da Agência: fun (divertimento); creative (criatividade) e good business (bom negócio). Os pilares, segundo Eka, do novo lema da Hasan & Partners. Fez um resumo do trabalho e da visão da agência neste que é, na sua opinião, o ano da criatividade. Destacou ainda o vídeo do Projecto Kaulo, realizado para o World Design Capital 2012 em Helsínquia, consistindo numa experiência, que através do controlo remoto da altura das cadeiras numa situação vulgar de café, demonstra a forma como o Design está presente no nosso quotidiano. Está à nossa volta, mas só sentimos a sua presença, sobretudo, quando este não funciona bem, por isso o objectivo do projecto é pôr as pessoas a falar de Design e a construir uma consciência acerca do mesmo.

Assim foi dado a conhecer como funcionam e são geridas as agências independentes, emergentes de uma cultura também ela independente.

12h00 – 12h35 | Seminário com Pablos Holman, especialista em Tecnologias da Informação, segurança e Hacker. Tema | The Berlin School Of Creative Leadership.

A Berlin School Of Creative Leadership trouxe à edição 2012 do Eurobest, Pablos Holman. Simon Higby, director criativo na DDB Copenhaga, chamou ao palco para que este, em menos de uma hora, demonstrasse as mais bizarras ideias e invenções tecnológicas dos últimos tempos.

Pablos é um futurista, trabalha no Laboratório Intellectual Ventures com Nathan Myhrvold e neste seminário falou fundamentalmente do que é ser um hacker. Segundo ele, a visão que possuem da tecnologia leva-os a explorar ao máximo novas ideias como o acesso a dados pessoais, números de cartões de crédito, através de simples gadgets. Em tempo real, mostrou como se efectua esta operação.

Contudo, o trabalho de Pablos no laboratório toma outras proporções diferentes daquelas que apresentou ao efectuar um “ataque informático” ao seu próprio cartão de crédito. No Intellectual Ventures desenvolvem-se modelos computorizados para, por exemplo, suprimir furacões, reverter o aquecimento global ou até mesmo, erradicar a malária. Como se pode verificar, a sua formação em tecnologia estende-se para além das suas capacidades de hacker.

Esclareceu que o computador é um dos meios que utiliza para encontrar a solução para grandes problemas da sociedade, seja na área da ciência ou da saúde. E, ao trabalhar numa indústria criativa, tem a necessidade de cruzar a sua formação e conhecimentos para reinventar aquilo que, talvez, mais ninguém reinventaria – a esta necessidade chamou “técnicas para reconstruir o mundo”.

Terminou então o seminário, com um reforço do conceito “invenção”: disse que nos dias que correm, a ideia de invenção é estranha. Mas que o seu trabalho no laboratório é isso mesmo – estranho – porque procura unir forças de áreas bastante específicas como a ciência, a tecnologia e engenharia, para solucionar o novos problemas da sociedade.

12h35 – 13h10 | Seminário com Geoffrey Hantson, Director Executivo e Criativo da Duval Guillaume Modem. Tema | Duval Guillaume Modem: It Takes Bravery To Provoke Conversations and Build Social Currency.

Diz-se que as marcas precisam de ter coragem para gerar conteúdo que suscite conversas entre os seus consumidores e utilizadores. Para nos esclarecer, Geoffrey Hantson entrou em cena e falou de como as marcas têm de ter controlo sobre tudo o que acontece com o “seu conteúdo”:

1. Provoke Conversation: Dar às pessoas uma história para contarem;

2. Bravery: Não se pode garantir a solução de uma ideia, primeiro é preciso arriscar;

3. Social Currency: A “vida social” de qualquer empresa ou marca determina o seu sucesso entre os consumidores.

Geoffrey Hantson também deixou claro que não existe a chave para o sucesso porque este é bastante relativo. Preferiu revelar à plateia presente aqueles que, na sua opinião, são os ingredientes da receita para o sucesso: provoque (provocar), surprise (surpreender) e entertain (entreter). Acrescentou que nesta receita constam ainda as frases: make it relevant, make it credible e make it wow. Um incentivo à criação de conteúdos e informação online, suportado pela visualização de vídeos de campanhas como a ”Unlock the 007 in you. You have 70 seconds” da Coca-cola Zero.

Falou de vídeos virais e terminou com uma reflexão relativamente às grandes marcas que produzem trabalhos que se tornam hits de um dia para outro. Geoffrey Hantson disse que tal fenómeno não acontece só uma vez, acontece várias, porque a marca é realmente boa e criou um elo de ligação social.

14h00 – 14h35 | Seminário com Peter Lord, Coproprietário e Director Criativo na Aardman Animations. Tema | Aardman Animations: The Aardvark in the Room – Masterstrokes and Dumb Luck?

No meio de tantas conferências dedicadas à publicidade, surge, no segundo dia de Eurobest, o Cinema de Animação. O convidado foi Peter Lord, Director de um dos mais conhecidos estúdios de Animação do mundo, a Aardman.

A celebrar 30 anos de carreira na Aardman, falou sobre aquele que tem sido o maior desafio da sua vida: a abordagem a diversas áreas como a publicidade, o cinema e a televisão. Peter dirige uma equipa multifacetada que é desafiada diariamente através da produção de curtas-metragens, comerciais e muitas outras campanhas online, jogos e séries.

Neste contexto, explicou como tudo começou através de exemplos animações de diferentes autores, referências e talentos da área em questão; desde a animação analógica, passando pela animação de volumes até aos dias de hoje, onde quase tudo é realizado digitalmente. Mencionou que a evolução da técnica e a adaptação à era digital foram passos fundamentais no crescimento do estúdio.

Getting started, Adapt or Die e Eyes, ears and mind open foram os conselhos que mereceram atenção ao longo do seu discurso. Peter Lord soube como cativar o público e persuadiu todos os presentes com a sua filosofia e atitude: “É claro que existem desafios operacionais em trabalhar desta forma, mas eu vou falar sobre os criativos. Para mim, o verdadeiro coração do negócio, a parte mais emocionante, será sempre a geração de ideias e a delícia de ser exposto a novas e surpreendente visões.”

“Embrace what you love” – apelou o Director Criativo da Aardman Animations.

14h35 – 15h10 | Seminário com Robert Senior, da Saatchi & Saatchi Worldwide Creative Board. Tema | Saatchi & Saatchi: Creative Bravery in Spain.

A Saatchi & Saatchi reinventou-se este ano em Espanha através do relançamento da sua agência em Madrid. Na sessão com o presidente Robert Senior, Lisboa ouviu a história desta decisão e as crenças que potenciam a criatividade de uma agência tão premiada como a Saatchi & Saatchi.

Tudo é novo, tudo está ligado, tudo é interactivo. Até aí já todos chegámos, no entanto Robert Senior explica-nos que um investimento pode garantir um sucesso se a participação das marcas, das empresas e agências, for atenta e inspiradora relativamente à interacção e ao movimento da era digital.

Reforçou a sua opinião pelo vídeo, tal como outros convidados, e definiu um conceito norte-americano aplicado à criatividade: VULCA (“Volatile”, “Uncertain”, “Complex” e “Ambiguous”). Trata-se um conceito que Robert Senior julga ser a definição para a chamada idade do agora, onde com um bom trabalho se marca pontos ao colocar um sorriso na cara das pessoas.

15h10 – 15h45 | Seminário com Stéphane Xiberras, Presidente e Director da BETC Paris. Tema | BETC Paris: Creative Bravery with CANAL +.

Sem dúvida, o seminário com a melhor introdução de sempre no Eurobest 2012. Antes de aparecer em palco, o presidente e director da BETC Paris, Stéphane Xiberras, introduziu ao público um vídeo fenomenal: uma adaptação de uma das cenas do filme “Brave Hearth”, com o actor Mel Gibon, onde este incentiva os seus guerreiros a lutarem cada vez mais e melhor contra o inimigo. Neste caso, o inimigo são agências criativas porque o discurso real do actor fora dobrado e aplicado exclusivamente ao conceito de criatividade. Uma excelente forma de dar início a meia hora de puro divertimento.

Vestido de saia, e após receber um enorme aplauso, Stéphane Xiberras falou abertamente de como se incentiva um cliente a ter coragem e a acreditar que as nossas ideias são um investimento que podem valer a pena. Mostrou vídeos de campanhas do seu tempo no Canal + e realçou o facto de estas serem reconhecidas como autênticos êxitos devido à aposta no humor e na criatividade.

Uma sessão bastante cómica, cheia de referências a ideias arriscadas, protagonizada por Stéphane Xiberras, um testemunho real e verdadeiro de alguém que adora aquilo que faz.

16h00 – 16h35 | Seminário com Armin Jochum, thjnk ag. Tema | thjnk ag: Turning an Agency into a Creative Forcefield.

“Play to win” foi a frase de eleição de Armin Jochum para contar como transformou a sua agência num campo de forças criativo. Começou por mostrar duas das melhores campanhas que produziu e que explicam o sonho e o caminho que percorreu até hoje: “Everything great starts with freedmon of thoughts”, disse Armin Jochum. Enalteceu a importância das pessoas com que trabalha e de valores como o respeito, o amor e a união; na sua opinião, as forças que se cruzam no talento e desafios para o futuro desta profissão no que toca a formar equipas de profissionais, que acima de tudo são seres humanos.

Deu conselhos acerca de como manter uma relação próxima com o cliente e da necessidade de esquecer os antigos e tradicionais moldes de estratégia aplicados a uma marca ou produto. Antes de encerrar a sessão, divulgou à plateia os seguintes conselhos: tocar e envolver as pessoas; capacidade de mudar atitudes e mentalidades; definir um propósito, um significado para aquilo que fazemos.

“Today is the best day to start something new”, foi a frase final de inspiração deixada por Armin Jochum.

16h35 – 17h10 | Seminário com Jonny Spindler, da AMV BBDO. Tema | AMV BBDO: The Agency of the Future – Helping Clients Feel Safe.

Com tantas agências e criativos a evocar a necessidade de “ser corajoso”, como garantir aos clientes a segurança e confiança para dizerem sim a grandes ideias? Para nos ajudar a responder à questão, o Eurobest convidou Jonny Spindler.

O director de inovação da AMV BBDO elaborou uma apresentação sobre as agências do futuro, o que estas deverão ser e fazer para assumirem o papel de “super agência”. Para tal, recorreu aos super-heróis da Marvel para identificar os novos cargos e papéis que surgiram nos últimos anos nas indústrias criativas: a cada personagem atribuiu skills (competências) que num futuro próximo vão definir um bom profissional. Através desta metáfora, nomeou as empresas populares no modo como trabalham e gerir equipas com rigor e qualidade.

Como disse Jonny Spindler, no futuro teremos de ser “Supper creators, super planners”.

17h10 – 17h45 | Seminário com Nuno Miranda, Director Editorial da VICE Portugal. Tema | VICE: Creative Bravery the VICE Way.

De bem perto, chega-nos o discurso de Nuno Miranda, Director Editorial da VICE Portugal – a maior empresa mundial de conteúdos informativos para jovens adultos.

Classificada de “polémica” e “chocante”, a VICE cobre informação que outros meios de comunicação consideram inapropriados. Nuno Miranda, presente no Festival de Criatividade, explicou que ser honesto e autêntico é a maneira mais forte de construir um elo de ligação com o público, com os leitores. Estes interessam-se pelos temas/conteúdos que, normalmente, não se reflecte e muito menos se lê. Desta forma, Nuno Miranda defendeu a identidade da VICE e acrescentou que a informação deve conduzir as empresas a acreditarem nas novas marcas e nas ideias que recorrem à contemporaneidade e aos meios modernos.

20h00 – 00h00 | Mad Sounds, no The Hard Rock Café

O Hard Rock Café recebeu a segunda noite de celebração do Eurobest. Para descontrair, a cidade anfitriã preparou uma sessão de música a todos os convidados do festival. As fotos podem ver vistas no facebook ou no site do evento.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This