European Accelerator Summit 2015

European Accelerator Summit 2015

A Beta-i, em parceria com a NUMA e apoiada pelo projeto Europeu ATALANTA, vai organizar o European Accelerator Summit 2015

Lisboa é cada vez mais a cidade anfitriã das maiores iniciativas de empreendedorismo a nível mundial. Pela primeira vez, os representantes dos maiores aceleradores da Europa vão-se reunir em Lisboa a 19 de Outubro para participar no European Accelerator Summit e discutir as melhores práticas de aceleração, bem como obter diferentes pontos de vista no que diz respeito à modernização do ecossistema de startups Europeu.

Os nossos parceiros NUMA Paris começaram esta iniciativa no ano passado e o evento resultou num white paper, que passa agora também a ser um dos objetivos da organização deste tipo de eventos: pesquisar sobre aceleração e identificar assuntos-chave que possam ser posteriormente discutidos e que resultem na apresentação de melhores práticas para o ecossistema empreendedor Europeu.

Este ano não vai ser diferente uma vez que vamos desenvolver um estudo sobre as tendências atuais e definir estratégias futuras para a aceleração. O white paper começa por ser um apanhado das dicas e do conhecimento que os participantes trocam durante o dia da Conferência sobre as sessões colaborativas de workshops e conversas interativas. Torna-se, posteriormente, num guia de estudo da aceleração Europeia e vai ser promovido pelos nossos parceiros, bem como partilhado com a comunidade.

Sobre a Beta-i:

Beta-i é a organização coordenadora do projeto ATALANTA, um programa da Comissão Europeia que visa apoiar grupos líderes de aceleradores para entregar serviços internacionais a PME’s inovadoras e empreendedores no sentido de ligar estes grupos com detentores de conhecimento e instituições de educação.

A Beta-i foi criada em 2010 por empreendedores, para empreendedores. Tem como missão promover a inovação e o empreendedorismo, através de 4 eixos: Criar e dinamizar uma cultura e rede de empreendedorismo e inovação através de eventos e programas europeus; Acelerar startups com ambição global e facilitar o acesso a investimento, via Lisbon Challenge e Beta-start; Criar espaços, serviços e produtos focados no empreendedor; e Promover a inovação e empreendedorismo dentro das grandes organizações, através da Beta-innovation.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This