FINK no Musicbox 2 Março – 22 Horas

“A minha carreira só começou a fazer sentido para os meus pais quando peguei numa guitarra e comecei a cantar. De repente estava a fazer música, não estava só a brincar.”

Os pais de Fin Greenall lá teriam as suas razões para não terem ficado muito contentes quando o rapaz abraçou a música electrónica de dança enquanto esteve na universidade em Leeds. E ficaram todos contentes quando, em 2003, ele virou as costas aos pratos, aos auscultadores Sennheiser e a doze arcas de vinil para se reinventar como cantor-compositor.

Claro que, entre uma e outra identidade, Fin Greenall é o mesmo, e a sua música é exactamente a mesma. “Passei muitos anos em clubes a fazer de DJ e uma ideia muito simples pode dar origem ao melhor disco para tocar em clubes. Com canções é a mesma coisa – estou à procura de um riff simples, ou de uma letra e de uma melodia muito simples. E em ambos os casos estou a tentar manter esse momento vivo pelo máximo de tempo possível.»

Da Cornualha aos EUA passando por Berlim e Bratislava, Fin Greenall é o nome e a alma por trás do alter ego Fink. Sob contrato com a editora Ninja Tune “desde sempre”, trabalhou com Amy Winehouse nas primeiras maquetas que a cantora gravou e John Legend no clássico moderno que é “Evolver”, trabalhou como remisturador e produtor, dirigiu uma orquestra de 120 músicos no Royal Albert Hall nos Concertos Promenade, foi consultor das editoras Def Jam, Talkin Loud e Source. E nunca abandonou a sua carreira a solo como Fink nem a sua base na Ninja Tune, onde editou o seu mais recente álbum, “Perfect Darkness”.

É esse o álbum que Fink traz a Lisboa, ao Musicbox, já no próximo dia 2 de Março. E fá-lo porque Amy Winehouse lhe abriu o caminho. “Foi quando trabalhei com a Amy, mal ela tinha saído da escola, que percebi como é difícil escrever canções e o talento que exigem. Quando a nossa música se constrói em canções, chega a muita mais gente. Não quero esquecer o meu passado nos clubes, mas uma canção vai muito mais longe do que apenas um “beat”.”

Vamos comprová-lo, na “escuridão perfeita” do Musicbox, a 2 de Março. Senhoras e senhores, Fink.

Bilhetes já à venda rede Ticketline e Musicbox 16 Eur



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This