Globos de ouro 2013 – Vencedores

A madrugada de segunda-feira esteve marcada pela 70.ª edição dos Globos de Ouro, concedidos na cidade de Los Angeles. A grande vitória foi para “Argo” de Ben Affleck na categoria de melhor filme. Ben Affleck, para além do realizador também interpreta um dos personagens de “Argo”, e claramente merece os parabéns, destacando-se notavelmente ao lado dos melhores e levando assim o grande prémio de melhor realizador. Em 1979, quando a revolução iraniana atinge o seu ponto de ebulição, militantes invadem a Embaixada dos Estados Unidos da América no Teerão e fazem reféns 52 Americanos. No meio do caos, 6 Americanos conseguem escapar e encontrar refúgio na casa do Embaixador Canadiano, um plano é lançado por um agente da CIA, assim se desenvolve o argumento de “Argo”.

O impressionante é que Affleck não está nomeado na categoria de melhor realizador para os Óscares, que serão celebrados dia 24 de Fevereiro. O júri dos Globos, está formado por uns 100 jornalistas internacionais, não selecionou nenhum dos filmes que concorrem aos Óscares, nem mesmo os esperados Steven Spielberg e Ang Lee.

De facto, o filme de Spielberg, “Lincoln”, não foi o protagonista desta grande noite, apenas levou para casa um globo, atribuída a Daniel Day-Lewis, por melhor actor em filme dramático. Já a melhor actriz em filme dramático foi Jessica Chastain, graças a 00h30: A Hora Negra”, da realizadora Kathryn Bigelow.

O brutalíssimo “Amor”, de Michael Haneke, foi considerado o melhor filme estrangeiro, já se esperava esta justa nomeação.

Já o “Django Libertado”, de Quentin Tarantino, recolheu dois prémios, o de melhor argumento e melhor actor secundário, destacado a Christopher Waltz.

Claro que, na categoria de melhor filme musical ou comédia “Os Miseráveis” foi o vencedor. Hugh Jackman e Anne Hathaway, como protagonistas, ganharam os prémios de interpretação. O filme conseguiu três prémios, dando-lhe algum protagonismo nesta noite de ouro.

Quanto à melhor cantoria temos Adele com o tema Skyfall do filme de James Bond o prémio de melhor canção original

Por último, a actriz Jodie Foster recebeu o prémio pelo seu contributo para o cinema e recebeu o prémio Cecil B. Demille. Na televisão, a série premiada foi Segurança Nacional”, já em 2012 foi vencedora, dois dos seus actores principais também levaram uma estatueta para casa, Damian Lewis e Claire Daines.

Cinema:

Melhor Filme Drama: Argo

Melhor Filme Estrangeiro: Amour
Melhor Argumento: Quentin Tarantino, por “Django Unchained”
Melhor Filme de Animação: Brave
Melhor Atriz Série de TV – Comédia ou Musical: Lena Dunham, em Girls
Melhor Realizador: Ben Affleck, com Argo
Melhor Ator Comédia ou Musical: Hugh Jackman, em “Les Miserables”
Melhor Filme Comédia ou Musical: Les Miserables (Os Miseráveis)
Melhor Atriz Drama: Jessica Chastain, em Zero Dark Thirty
Melhor Ator Drama: Daniel Day Lewis, em Lincoln

Prémio Carreira Cecil B. De Mille: Jodie Foster

Televisão:

Melhor série dramática: Homeland (Segurança Nacional)
Melhor ator dramático, em série de televisão: Damian Lewis, em “Homeland”, (Segurança Nacional)
Melhor atriz em minissérie de TV: Julianne Moore, em “Game Change”.
Melhor minissérie de TV: Mudança de Jogo, “Game Change”
Melhor Série de TV – Comédia ou Musical: Girls
Melhor atriz – comédia ou musical: Maggie Smith, em Downtown Abbey
Melhor ator em minissérie ou filme de TV: Kevin Costner, em Hatfields & McCoys
Melhor atriz comédia ou musical: Jennifer Lawrence, “Silver Linings Playbook” (Guia para um final feliz)
Melhor ator secundário: Cristoph Waltz, «Django Libertado»
Melhor Música Original: “Skyfall” de Adele
Melhor Banda Sonora: Mychael Danna, em “Life of Pi” (A vida de Pi)
Melhor atriz secundária: Anne Hathaway, em “Les Miserables”
Melhor ator secundário em série de TV: Ed Harris, em Game Change
Melhor ator em série de TV – Comédia ou Musical: Don Cheadle, em “House of Lies”
Melhor atriz em série de televisão dramática: Claire Danes, em Homeland (Segurança Nacional)



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This