10º IndieLisboa arranca hoje

No ano em que se comemora a 10ª edição do festival, o filme No, do chileno Pablo Larraín, marca o início oficial do IndieLisboa’13, hoje, no Cinema São Jorge, pelas 21h30. À mesma hora, e igualmente imperdível, no Grande Auditório da Culturgest, Paradise: Love, primeiro filme da trilogia Paradies (Amor, Fé e Esperança) de Ulrich Seidl, cineasta austríaco que este ano tem um foco especial na secção Observatório. Na Culturgest, às 22h, com Exit Elena, de Nathan Silver, acompanhamos uma heroína estranha e misteriosa, num ensaio sobre o desconforto social. No arranque da secção IndieMusic, Parallax Sounds, de Augusto Contento, explora a íntima conexão entre a música e a paisagem urbana de Chicago, trazendo-nos entrevistas com músicos que contribuíram para moldar a vibrante cena musical underground da cidade nos anos 90 e que continuam a fazer um trabalho criativo e relevante nos dias de hoje. A ver no Cinema São Jorge, às 22h.

 

Destaques sexta-feira 19 de abril

Na tarde de sexta-feira convidamos todos a fazer uma “reflexão sobre o cinema, o desaparecimento e o regresso a espaços de que temos saudades” com o documentário Yumen, às 16h45 no Pequeno Auditório da CulturgestÀs 21h30, o Cinema City Classic Alvalade mostrará Workers, de José Luis Valle, outro dos destaques da secção Cinema Emergente, um filme sobre a luta de classes no México, que resulta numa comédia negra e absurda. Acontece também às 21h30 a primeira sessão da Competição Internacional de curtas metragens (no Cinema São Jorge, sala 3). Dos seis filmes programados, destacamos a curta-metragem Quatro Horas Descalço, de Ico Costa, realizador que, no seguimento de um workshop de realização promovido pelo IndieLisboa na edição de 2011, foi seleccionado para frequentar a escola Le Fresnoy. Às 21h30, na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema, damos início à homenagem a Patrick Jolley, cineasta desaparecido em 2012, na sessão de curtas-metragens desta retrospectiva integral.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This