Little Friend e Voxels lançam hoje novas edições pela Optimus Discos

VOXELS, “BACHELOR HOUSE”

Há mais de 10 anos que o Pedro e o Pedro insistem em falar com as pessoas através da música, aquela com nome de “Casa” mas que se ouve e dança fora dela. Foi há cinco anos, entre DJ set’s e longas sessões em estúdio que se conheceram e há 2 anos decidiram construir essa “Casa” juntos: os Voxels.

Os Voxels já tinham descoberto os sons das máquinas que têm uma voz – como as caixas de ritmos da Roland, os baixos de sintetizadores Moog e os samples degradados de discos obscuros há muito esquecidos pela geração anterior – e os sons desenhados e construídos pelos seus arquitetos de “Casas” favoritos vindos de França, do Reino Unido e dos E.U.A., como os Daft Punk, Basement Jaxx ou Armand Van Helden. Já tinham usado esses sons em EP’s editados por editoras nacionais e internacionais como a Enchufada, Top Billin ou a Con+ainer, e em remisturas para diversos artistas por todo o mundo (Buraka Som Sistema, Chromatics, Tomas Barfod, Spektrum, Moullinex, Ben Mono, etc..), mostrando quartos separados da sua “Casa”, mas sem nunca revelar a planta.

Então os Voxels, inspirados pelos sons e anfitriões da “Casa”, decidiram que era altura de construir a sua para nos receber, nascendo assim o seu primeiro álbum: “Bachelor House”.

É um disco assumidamente samplado, feito dos clichês musicais favoritos dos Voxels: baixos gordos, batidas ainda maiores e muitos loops de disco, como se um vinyl riscado insistisse sempre em encalhar nos melhores 7 segundos de cada faixa.

É uma ode à melhor música de dança do final dos anos 90, ao Disco-House feliz, melódico e funky que levou uma geração inteira a ouvir música repetitiva em salas escuras com enormes sistemas de som e que iniciou uma revolução musical que podemos sentir até aos dias de hoje, trazendo os sons dos clubs underground da altura para as rádios, televisões e ipods.

Poderoso, divertido e melódico, “Bachelor House” é um álbum que nos leva numa viagem pelo mundo dos amantes da música de dança, através da linguagem das máquinas cuidadosamente manipuladas pelos humanos por trás delas para falarem com a voz das emoções, com um resultado surpreendentemente orgânico e caloroso.

Com Bachelor House os Voxels partilham a sua interpretação da história do House com o mundo, através de um álbum em download gratuito, que nos permite ouvir e saborear uma casa bonita, confortável e segura em que todos somos sempre bem vindos e acolhidos.

“Não sou nada sem a minha casa e a minha casa não é nada sem mim.”

O single “Bachelor House” é a primeira antevisão deste disco que está disponível a partir de 26 de Março para download gratuito em www.optimusdiscos.pt.

A 6 de Abril os Voxels actuam no Myro ( Vila Nova de Cerveira) e no Theatro Circo de Braga. O trabalho dos Voxels já é reconhecido em Portugal e também internacionalmente.

LITTLE FRIEND, “We Will Destroy Each Other”

Little Friend é um projecto que nasceu da mente de John Almeida, músico e escritor nascido em Londres, filho de pais portugueses. Depois de uma década a viver e trabalhar na sua cidade natal, e de uma passagem de um ano por Vancouver, onde se formou em Guionismo na Vancouver Film School, John decidiu voltar ao Porto, cidade onde cresceu.

Ao longo de algum tempo, escreveu músicas que dariam origem aos Little Friend, uma espécie de alter ego e, simultaneamente, possível entidade colectiva, que abarcaria estas novas composições.

A partir de uma amizade com André Tentugal (We Trust) foi desenvolvida uma relação musical que acabaria por levar à gravação do disco de estreia de Little Friend, também com a ajuda de Alexandre Monteiro (The Weatherman) e Nuno Mendes.

O álbum de estreia intitula-se “We Will Destroy Each Other” e nele podemos encontrar várias influências, desde o folk até ao pop. As melodias simples e subtis são complementadas por letras introspectivas, por vezes sombrias, e isto tudo resulta num ambiente intimista e intenso.

Ao longo de 9 temas, os Little Friend pretendem revelar apenas um pouco do que tencionam fazer num futuro próximo. “Sunken Low” é o 1º single deste trabalho e o videoclip foi gravado no sul de Londres com a participação de Jo Hartley, nome conhecido do cinema indie britânico.

A edição física de “We Will Destroy Each Other” está disponível nas lojas a 26 de Março e, em simultâneo, para download gratuito em www.optimusdiscos.pt.

Concertos de Apresentação:

10 de Abril – Cinema de Passos Manuel, Porto
11 de Abril – Salão Brazil, Coimbra
27 de Abril – Centro Cultural Vila Flor, Guimarães
17 de Maio – ABC da Cultura, Vila Real
18 de Maio – Casa da Cultura, Alfândega da Fé
06 de Julho – Casa do Xiné, Penafiel
15 de Novembro – Cine-Teatro, Estarreja



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This