na bagunça do teu

“Na Bagunça do Teu Coração”

Copacabana em Portugal.

Esta comédia romântica traz a Portugal uma história de amor com os ritmos da bossa nova aliados às composições de Chico Buarque. Ela e Ele são os protagonistas que se conhecem numa noite de passagem de ano em Copacabana. Apaixonam-se, vão viver juntos, mas os desentendimentos fazem com que se desencontrem e é depois de vários episódios caricatos que chegam a um final feliz. O argumento é simples mas inteligente o suficiente para nos prender do início ao fim.

Este espetáculo chega aos palcos portugueses através de um projeto de mestrado em Teatro e Artes Performativas na Escola Superior de Teatro e Cinema da atriz Carolina Puntel e na sua adaptação, o Ele é um português, aqui interpretado por Ricardo de Sá, o que faz desta história de amor uma espécie de paródia aos relacionamentos entre portugueses e brasileiros, mantendo um pouco o estigma entre o papel do homem e da mulher numa relação. Apesar de serem dois atores, em cena são reunidos oito personagens, cujas mudanças vão sendo feitas estrategicamente com os solos dos protagonistas. O desempenho dos atores, quando não estão a interpretar os protagonistas, chega a ser tão surpreendentemente versátil, que o público não resiste em aplaudi-los em quase cada cena do espetáculo e especialmente quando a atriz mostra o seu alcance vocal. Estratégico é também o cenário, com blocos movíveis e brancos que nos remetem sempre para o branco que é usado na passagem de ano e para a cena em que Ele e Ela se conhecem e onde tudo começa. À banda – elemento essencial para criar o ambiente da bossa nova – falta apenas um coro para ajudar a preencher um pouco mais algumas cenas. Os músicos ficam escondidos atrás de uma cortina transparente que permite ver as suas t-shirts às riscas pretas e brancas, que lembram o calçadão da praia de Copacabana e que por acaso, foi inspirado na praça do Rossio em Lisboa, o que torna este encontro entre um português e uma brasileira uma celebração do encontro de Portugal e Brasil.

O espetáculo vai sendo um crescendo à medida que se aproxima do final. Se inicialmente surge a ideia de que se vai assistir a um espetáculo única e exclusivamente contado através de músicas, é essencialmente isso que vão encontrar. Existem momentos de diálogo e algumas coreografias, mas é a música o elo de ligação entre todos os momentos. E é assim que com as canções de Chico Buarque nos deixamos envolver nesta paródia romântica de uma Copacabana em palco português.

 Na Bagunça do teu Coração está em cena de 25 de outubro a 29 de novembro, às terças e quartas a partir das 21h30 no Teatro Armando Cortez.

Na Bagunça do teu Coração

FICHA ARTÍSTICA

TEXTO: ​ ​João Máximo e Luiz Fernando Vianna
MÚSICAS: ​​Chico Buarque
ENCENAÇÃO: ​Paulo Sousa Costa
ARRANJO MUSICAL: Heberth Souza
COREOGRAFIA:​Bruno Duarte
ELENCO: ​​Carolina Puntel | Ricardo de Sá
BANDA: ​​Rita Pires – piano | Alfredo Almeida – guitarra | Eduardo Caldeira – contrabaixo | Vasco Fazendeiro – bateria
CENOGRAFIA: ​Beatriz Costa, Sérgio Simões
FIGURINO: Carla Mileu | Patrícia Laureano | Liliana Afonso | Mariana Cardoso
DESENHO DE SOM: João Soares
DESENHO DE LUZ: Ricardo Guerreiro
DESIGN GRÁFICO: Ana Cristina Braz, Ana Maria Cardoso, Sofia Teixeira, Carlos Eduardo Martins
PRODUÇÃO: ​Yellow Star Company e Escola Superior de Artes Aplicadas Castelo Branco

 



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This