O Nuevo Ballet Español está de regresso a Portugal com Cambio de Tercio!

Com coreografia de Ángel Rojas e Carlos Rodríguez, Cambio de Tercio apresenta diferentes quadros de cantiñas, sevilhanas, fandango, rumba, bamberas, bulerias, tanguillos e seguidillas. Estruturado em 3 partes, Cambio de Tercio é composto por solos, duetos e ensembles onde o estilo clássico espanhol e o flamenco tradicional se revestem de modernidade sem perder a essencialidade das suas raízes. Considerado pelos autores o seu melhor espectáculo até ao momento, Cambio de Tercio é dançado pela dupla Rojas & amp; Rodríguez e quatro novas solistas da companhia. Duas cantoras e quatro músicos completam o elenco deste maravilhoso espectáculo. A não perder em Dezembro, no Auditório dos Oceanos no Casino Lisboa.
Sobre a companhia:
Fundada em 1995, a companhia Nuevo Ballet Español tem como mentores os bailarinos e coreógrafos Ángel Rojas e Carlos Rodríguez. Conheceram-se em 1994 na companhia Los Ballets Españoles, de José António Ruiz, que integraram como solistas após receberem o prémio de Melhor Bailarino do Certame Nacional de Coreografía (1994).

Com uma visão própria e apaixonada do flamenco, as coreografias de Rojas & Rodríguez caracterizam-se pela aliança entre o clássico e o contemporâneo, o que já lhes valeu variados prémios como o Prémio UP de Dança para Melhor Companhia de Dança Espanhola e Flamenco (2000), prémio para Melhor Espectáculo Musical do Ano (Don Juan, 2004), Prémio de Cultura na categoria de dança atribuído pela Comunidade de Madrid (2006) ou Prémio Cidade de Móstoles 2007. Também em 2007, são convidados a coreografar para o Ballet Nacional de España. Dualia, com música original de José Nieto, estreou no Teatro da Zarzuella e contou com ambos nos papeis principais. No ano seguinte, a Comunidade de Madrid volta a reconhecer o seu talento, encomendando-lhes a coreografia do espectáculo de comemoração do bicentenário da guerra da independência. Baile de Máscaras resultou numa fusão de flamenco com teatro, com música ao vivo e 12 bailarinos em palco.
O seu reconhecimento estende-se além fronteiras espanholas, tendo já sido aplaudidos em diversos países europeus, mas também em países asiáticos e sul-americanos.

 

1 A 11 DE DEZEMBRO
Auditório dos Oceanos | Casino Lisboa



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This