A IMPORTÂNCIA DE SER AGUSTINA BESSA-LUÍS

A IMPORTÂNCIA DE SER AGUSTINA BESSA-LUÍS

“A importância de ser Agustina Bessa-Luís” esteve em cena até dia 10 no Teatro da Garagem, em Lisboa. Dirigido e interpretado por Miguel Bonneville, co-autoria e interpretação de Diogo Bento e Tiago Vieira.

“A importância de ser” é uma série do artista plástico e ator, Miguel Bonneville, que tem desenvolvido vários trabalhos de homenagem a personalidades portuguesas do mundo artístico que, de alguma forma, marcaram a sua vida, e por conseguinte, o seu percurso artístico.

Primeiro o cineasta António de Macedo, depois Simone de Beauvoir, agora Agustina Bessa-Luís é o ponto de partida (e de chegada) deste espetáculo, que “tinha de acontecer neste lugar” (Teatro da Garagem), segundo o próprio criador, “se eu achasse que faria sentido ser num buraco, seria num buraco”.
É assim que decorre a criação com Miguel: tempo, espaço e ação trabalhados ao pormenor.

Uma performance que desde o primeiro capítulo se define por si, sobre “três amigas que tomam um chá e uma chávena envenenada”, sobre “Lisboa não ser Berlim” e, até sobre “destroços da destruição alheia”. Atrás das três amigas estão os três atores, Diogo Bento, Tiago Vieira e Miguel Bonneville, autores dos textos, a partir da obra de Bessa-Luís, portanto “nada é dela… aliás é tudo dela”, desabafa Miguel, na conversa que teve com o público, excecionalmente na noite de estreia.

Falar de personagens também não será o mais indicado, pois tudo o que está em palco, mesmo quando nos surge uma overdose de imagens projetadas ou um gorila, acaba por ser, em parte, autobiográfico, por cada um dos criadores.

A memória, a busca profunda do “eu” ou de “um eu”, da singularidade, a recusa à categorização e a atitude perante um mundo no qual “fomos postos sem pedir”, são pontos desta“importância de ser e do universo de Agustina Bessa-Luís, escritora portuguesa, de romances mas também de guiões de teatro e cinema, que me parece estar prazerosamente homenageada com este trabalho, a decorrer no Festival Temps d’ Images, até dia 10 de Janeiro.

Fotografia de Joana Linda

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This