Crystal Fighters 17 (Header)

Crystal Fighters @ Hard Club Porto (10-03-2019)

No passado domingo 10 de março, os Crystal Fighters que tinham atuado no dia anterior em Lisboa (LAV) e no ano passado no Festival Vilar de Mouros regressaram ao norte do país para um concerto no Hard Club no Porto.

,

Passava pouco das 21 horas quando os espanhóis Los Nastys, que tiverem honras de abertura, subiram ao palco de um Hard Club ainda longe de estar composto, para um concerto animado mas longe de cativar o público presente que aparentemente desconhecia a sonoridade da banda que foi percorrendo temas dos seus dois álbuns “Noche de fantasmas con Los Nastys” de 2016 e o mais recente “Música para el amor y la guerra” de 2018.

Poucos minutos depois das 22 horas e perante uma sala já completamente cheia, marcada por um público cuja media de idade baixava à medida que nos aproximávamos do palco e onde era percetível a presença de muitas pessoas vindas do país vizinho, que a banda de Sebastian Pringle, Gilbert Vierich, Graham Dickson, Laure Stockley e Mimi Borelli, entrou em palco para um concerto cheio de energia, interação com o público e dança desenfreada, numa panóplia de movimentos capaz de desafiar as aulas de fitness mais exigentes.

Talvez pela exigência física elevada, fruto de uma atuação em que os nossos olhos dificilmente conseguem captar tudo o que se passa em palco, o concerto durou pouco mais de uma hora. Durante esse tempo a banda cujas raízes se dividem entre Espanha e Inglaterra levou o público a percorrer êxitos como «LA Calling», «Follow», «Love Is All I Got» ou «All My Love» entre outros que tiveram a sua origem nos seus três álbuns já editados “Star of Love” de 2010, “Cave Rave” de 2013 e “Everything Is My Family” de 2016 e aproveitou para dar a conhecer alguns temas novos como como «Boomin’ In Your Jeep» e «Wild Ones» que de certeza farão parte do seu quarto álbum de originais que se encontra em execução.

O último concerto dos Crystal Fighters em Portugal foi na edição de 2018 do EDP Vilar de Mouros. Desde 2012 que a banda é presença assídua em Portugal com passagem pelo MEO Sudoeste em 2017, Paradise Garage em 2016, Super Bock Super Rock em 2015, Queima das Fitas de Coimbra em 2014, NOS Alive em 2013 e Vodafone Paredes de Coura em 2012.

Texto por José Graça e fotografias por Maria Inês Graça.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This