“Dentro do Segredo: uma viagem na Coreia do Norte” | José Luís Peixoto

“Dentro do Segredo: uma viagem na Coreia do Norte” | José Luís Peixoto

Do Outro Lado do Espelho

Em “Mil Novecentos e Oitenta e Quatro”, assaltado por crescentes dúvidas sobre a bondade do regime em que vive, Winston Smith inicia a escrita de um diário onde regista os seus mais inconfessáveis pensamentos. “Liberdade é a liberdade de dizer que dois e dois são quatro”, escreve a certo ponto o personagem imaginado por Orwell.

Dentro do Segredo: uma viagem na Coreia do Norte” é o registo da visita de José Luís Peixoto a um País de outras aritméticas. Durante duas semanas, através de uma das raras agências de viagens com autorização para operar no País, Peixoto visitou a Coreia do Norte a propósito das celebrações do centenário do nascimento de Kim Il-sung promovidas pelo regime de Pyongyang. Acompanhamos o percurso do autor por museus e monumentos que glorificam os seus líderes, assistimos a paradas militares e jogos de massas, visitamos a zona desmilitarizada, conhecemos fábricas, barragens e cooperativas que atestam as virtudes da economia centralmente planificada. Peixoto percorre todos estes lugares entre o espanto, a incredulidade e a indiferença, encontrando refúgio em pequenos atos que prestam tributo à sua humanidade: a prática do jogging matinal, os telefonemas aos filhos, a comunhão com a natureza no norte do País, a escrita das notas que deram origem a este livro.

Mesmo tentando despir o olhar de todos os preconceitos, é evidente que a Coreia do Norte vive uma enorme ilusão colectiva. Mas ao mesmo tempo, enquanto testemunhamos através do autor a alegria com que se entregam às suas danças tradicionais, ficamos com um retrato mais humano dos norte-coreanos. Aconselhado a leitores com elevada curiosidade antropológica.

Uma edição Quetzal



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This