Indielisboa 2013 – Leviathan

Indielisboa 2013 – Vencedores

Leviathan vence o Grande Prémio Cidade de Lisboa no IndieLisboa'13

Leviathan, de Lucien Castaing-Taylor e Véréna Paravel (longas metragens) e Da Vinci, de Yuri Ancarani (curtas metragens), são os grandes vencedores da Competição Internacional do IndieLisboa’13 recebendo o Grande Prémio de Longa Metragem Cidade de Lisboa e o Grande Prémio de Curta Metragem, respectivamente. Na Competição Nacional, o Prémio Digimaster para Melhor Longa Metragem Portuguesa é entregue a Lacrau, de João Vladimiro e o Prémio Pixel Bunker para Melhor Curta Metragem Portuguesa a Gingers, de António da Silva. O filme vencedor do Prémio de Distribuição TVCine é atribuído a Eles Voltam, de Marcelo Lordello.


Palmarés IndieLisboa’13

Júri Internacional de Longas Metragens – Dennis Lim, Leonor Silveira, Gerwin Tamsma

Grande Prémio de Longa Metragem Cidade de Lisboa
Leviathan, Lucien Castaing-Taylor e Véréna Paravel (Reino Unido, E.U.A., França)

Prémio de Distribuição TVCine
Eles Voltam, Marcelo Lordello (Brasil)

Prémio Digimaster para Melhor Longa Metragem Portuguesa
Lacrau, João Vladimiro (Portugal)


Júri Internacional de Curtas Metragens – 
Graeme Cole, Inês Nadais, Tess Renaudo

Grande Prémio de Curta Metragem
Da Vinci, Yuri Ancarani (Itália)

Menções Honrosas

Animação: Comme des Lapins (Chroniques da la Poisse, chap. 2), Osman Cerfon (França)

Documentário: Resistente, Renate Costa Perdomo, Salla Sorri (Dinamarca, Finlândia, Paraguai)

Ficção: Noelia, María Alché (Argentina) e El Ruido de las Estrellas me Aturde, Eduardo Williams (Argentina)

Prémio Pixel Bunker para Melhor Curta Metragem Portuguesa
Gingers, António da Silva (Reino Unido, Portugal)

Menção Honrosa
Má Raça, André Santos e Marco Leão (Portugal)

Prémio Novo Talento FNAC
Má Raça, André Santos e Marco Leão (Portugal)

Prémio Novíssimos
Outro Homem Qualquer, Luís Soares (Portugal)

 

Júri Pulsar do Mundo – Maria Bonsanti, Pedro Marques, António José Teixeira

Prémio Culturgest Pulsar do Mundo
La Chica del Sur, José Luis García (Argentina)

Menção Honrosa
Donauspital – SMZ Ost, Nikolaus Geyrhalter (Áustria)

Júri Amnistia Internacional – José Bernardino, Tiago Guedes, Cândida Pinto

Prémio Amnistia Internacional
The Act of Killing, Joshua Oppenheimer (Dinamarca)

Menção Honrosa
The Devil, Jean-Gabriel Périot (França)

Júri Árvore da Vida – Margarida Ataíde, Inês Gil, Rui Martins

Prémio Árvore da Vida para Filme Português
Lacrau, João Vladimiro (Portugal)

Menção Honrosa
Rhoma Acans, Leonor Teles (Portugal)

Júri TAP – Antonieta Pezo

Prémio TAP para Longa Metragem Portuguesa de Ficção
É o Amor, João Canijo (Portugal)

Prémio TAP para Documentário Português
Torres & Cometas, Gonçalo Tocha (Portugal)

Júri do Público – Competição Internacional, Observatório, Cinema Emergente, Pulsar do Mundo, IndieJúnior e Novíssimos

Longa Metragem
Amsterdam Stories USA, Rob Rombout, Rogier Van Eck (Bélgica)

Curta Metragem
Le Libraire de Belfast, Alessandra Celesia (Reino Unido, França, Irlanda) 

IndieJúnior
De Club van Lelijke Kinderen/O Clube das Crianças Feias, Jonathan Elbers (Holanda)




Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This