“Mais um dia” do cantautor Pedro Esteves lançado hoje

“Sempre escutei com imensa admiração e respeito o cancioneiro popular no trabalho dos cantautores lusófonos. Tentando reproduzir as suas canções à guitarra, todo o entusiasmo e curiosidade foram com certeza os motores para que intuitivamente começasse a fazer as primeiras composições em nome próprio, traduzindo-se no trabalho que hoje dou a conhecer.

É uma honra editar este primeiro trabalho a partir do selo ORFEU que foi casa de tanta gente que muito admiro”. Pedro Esteves

Ouvindo e recriando à guitarra as canções de consagrados cantautores… Assim foi, desenvolvendo depois melodias, harmonias, ritmos e texto para começar a compôr o seu próprio trabalho.

Apenas dedicado à composição, um bom tempo se seguiu até que iniciasse a passagem por diversos palcos, entre actuações a solo ou acompanhado, mostrando ao público as suas canções.

Com humor, ironia ou delicadeza foi cantando o amor, o desejo, o desencanto e a esperança de pessoas comuns nas suas relações quotidianas. O repertório cresceu abrindo caminho para o primeiro trabalho discográfico a editar pela editora ORFEU que abriu a oportunidade para acolher este projecto.

Foram reunidos treze temas onde aparecem duas parcerias com o seu irmão Filipe Esteves, para as quais escreveu a letra.

Na entrada para estúdio, a direcção musical ficou a cargo de Filipe Raposo (piano, orgão hammond, acordeão, glockenspiel e triângulo) que ao lado de António Quintino (contrabaixo) formaram o núcleo de músicos, embarcados de primeira linha do disco. A este grupo ainda se juntou Joaquim Teles (Quiné) nas percussões.

“Mais um dia” é o nome do disco e é também o nome daquela que foi a sua primeira composição e que serviu de arranque para o trabalho que tem vindo a realizar.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This