“Maximum Ride – O Resgate de Angel” | James Patterson

“Maximum Ride – O Resgate de Angel” | James Patterson

Um arranque prometedor

Para quem é – ou foi – fã das histórias aos quadradinhos dos X-Men, “Maximum Ride” será uma aventura continuada para seguir de perto e com a respiração ligeiramente sustida.

A história de “O Resgate de Angel“, o primeiro livro da série, gira à volta de um grupo de seis jovens, com poderes extraordinários e liderados por Maximum Ride – a figura matriarcal de todos eles. Sem saber se foram retirados aos seus pais à nascença ou se serão uma experiência levada a cabo numa proveta, o sexteto conseguiu escapar de um laboratório altamente secreto, onde cada um foi alterado geneticamente para se tornar num humano com alma de pássaro – já que 2% dos seus genes provêm de criaturas com asas. Além de poder voar, cada elemento vai descobrindo novos poderes à medida que cresce, desconhecendo o tempo de vida que lhe resta.

No seu encalço vão os Erasers, seres criados no mesmo laboratório mas mais fortes geneticamente e propensos à violência, que raptam Angel – a mais nova e poderosa do grupo. Na sua tentativa de a libertar, o grupo vai reencontrar Jeb Batchelder que, em tempos, havia sido como um pai para eles. Terá Jeb sido apenas um fantoche nas mãos do inimigo – ou o próprio inimigo? Ou tudo não passará de um jogo macabro com um objectivo mais grandioso em vista?

Com uma acção constante, capítulos curtos e escrito numa linguagem adaptada à juventude da era tecnológica, “Maximum Ride” promete dar asas a muito bom leitor. Que a segunda aventura chegue depressa.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This