MOTELx 2012: 6ª edição arranca esta quarta-feira

O MOTELx – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa arranca já esta quarta-feira (21h45) com o filme «[REC]3: Genesis» (Espanha, 2012) a marcar o início da 6ª edição do festival. Ao longo de cinco dias intensos, no Cinema São Jorge, em Lisboa, o MOTELx vai dar a conhecer a melhor e mais recente produção nacional e internacional de terror com 53 sessões, 64 longas e curtas-metragens e 12 actividades e ainda uma festa no Ritz Clube.

O terceiro filme da saga «[REC]», com realização a solo de Paco Plaza, estreia em Portugal esta quarta-feira, às 21h45, na sessão de abertura do festival MOTELx. O muito aguardado «[REC]3: Genesis», decorre durante o casamento de Koldo e Clara que, no dia mais feliz das suas vidas, vêem as portas do Inferno abrir-se e o caos espalhar-se pela terra.

Ao longo de cinco dias, o festival vai exibir mais de 60 filmes, onde se incluem 27 longas-metragens em estreia nacional na secção “Serviço de Quarto”, 17 curtas-metragens internacionais, uma retrospectiva dedicada ao realizador italiano Dario Argento, convidado desta edição do festival que dará uma masterclass imperdível no domingo, e a exibição de três filmes do consagrado Nobuo Nakagawa conhecido como “o pai do cinema de terror japonês”.

O cinema de género produzido em Portugal pode ser descoberto na secção “Quarto Perdido”, onde se desenterram afinidades incontornáveis entre “O Território” de Raoul Ruiz e “O Estado das Coisas” de Wim Wenders, ambos filmados em Sintra.

O incentivo à produção nacional está também subjacente ao Prémio MOTELx. Em 2012, os nomeados são: «Aconteceu no Interior» de Ricardo Machado, «Até Quando» de Jorge Cramez, «Bruxa de Arroios» de Manuel Pureza, «The Headless Nun» de Nuno Sá Pessoa, «Leito de Maldição» de Paulo Teixeira Rebelo, «Mutter» de Tony Costa e Rafael Antunes, «O Princípio do Fim» de Joel Rodrigues e André Agostinho, «O Reino» de Paulo Castilho, «Silêncio (тиша)» de Hélio Valentim e Ricardo Ferreira e «Tormenta» de Francisco Carvalho. As 10 curtas-metragens seleccionadas para o Prémio MOTELx competem pela primeira vez para o prémio Meliès d’Argent, livre-trânsito para a competição ao Meliès d’Or atribuído em Outubro, em Sitges.

Em 2012, o júri do Prémio MOTELx é constituído pelos músicos e cineastas Paulo Furtado (Legendary Tigerman) e Filipe Melo – que apresentará também uma masterclass a propósito do videoclip dos Moonspell “Lickanthrope” – e ainda pelo norueguês Pål Sletaune («Babycall»), considerado pela Variety um dos 10 realizadores mais promissores a nível mundial.

Além de Dario Argento e de Pål Sletaune, entre os convidados desta do festival estão os realizadores Julien Maury («Livide»), Pascal Laugier («The Tall Man»), Jonathan Zarantonello («The Butterfly Room») e Alex Chandon («Inbred»).

A Sala Montepio recebe 12 actividades paralelas, onde se destaca o regresso da mítica Noite de Jogos de Terror e, pela primeira vez, uma animada Tarde de Jogos (Pouco) Assustadores para toda a família. De destacar também o workshop do colectivo «Clones», criadores de «Papa Wrestling» e a masterclass «Capitão Falcão» com o realizador João Leitão.

De sexta para sábado, entre as 00h00 e as 06h00, o MOTELx 2012 sai da sala escura e desce a avenida em direcção ao Ritz Clube. The Macaques, A Boy Named Sue e Bandido$ são os monstros convidados para encher de música, sangue e gritos o renascido mítico clube de Lisboa. A Noite MOTELx no Ritz – Terror em Festa, será o grande momento de celebração do festival.



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This