Rita GT convida Keziah Jones  Performance “We Shall Overcome!” no Museu do Chiado

Rita GT convida Keziah Jones

Performance “We Shall Overcome!” no Museu do Chiado

A artista portuguesa Rita GT apresenta a performance-protesto «We Shall Overcome!» a 4 de Dezembro no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, tendo como convidado o músico nigeriano Keziah Jones. O resultado desta performance (cenário e vídeo feitos durante o evento) fica patente até 10 de Janeiro.

A performance de Rita GT inscreve-se no programa Echoes on the Wall do Museu do Chiado com curadoria de Adelaide Ginga. O programa é composto por exposições individuais de artistas portugueses que residem no estrangeiro e que têm ganho um crescente reconhecimento artístico fora do nosso país. Rita GT vive em Luanda, e é, do leque de artistas convidados por Adelaide Ginga, a artista com trabalho desenvolvido no continente africano.

A performance de 4 de Dezembro (19h) é um acontecimento único. Durante este evento Rita GT apropria-se do tema musical de contestação “We Shall Overcome” (cantado por Pete Seeger, Joan Baez entre outros) e enquadra-o nos tempos de instabilidade social em que hoje vivemos. Na verdade este título nasce do cântico de gospel de finais do século XIX “I will overcome” e tem, ao longo dos tempos e de várias gerações, sido usado como pregão de defesa dos direitos humanos e sociais face ao descontentamento do povo com a classe política, a privação de liberdade de expressão, os problemas raciais, de género, os direitos dos negros, entre outras questões da agenda política pertinentes no passado e no presente.

Rita GT vive em Luanda desde 2012 e foi na capital angolana que a sua prática artística ficou mais consolidada em redor das questões raciais, do estatuto social, da privação das liberdades individuais e dos resquícios do colonialismo tão presentes no dia-a-dia e na identidade dos angolanos, e de que forma estes problemas condicionam e contaminam a relação entre as pessoas em qualquer parte do mundo. “We Shall Overcome!” é, para além de um grito de protesto e esperança em prol das igualdades sociais, uma proclamação da artista em nome dos seus direitos e liberdades enquanto mulher, mãe e artista.

Rita GT contextualiza: “Estou interessada em evocar a energia de mudança, de união e de reflexão sobre os direitos humanos e de superação das limitações. E também trazer para uma linguagem artística o questionamento da situação actual face à crise gerada pela descida do preço do petróleo, às migrações ilegais em massa, aos refugiados, às mortes massivas a que assistimos de longe, ao descontentamento e sentimento de injustiça que fervilha, à falsa democracia e às ditaduras subversivas. We Shall Overcome é o meu statement, uma reação a todos estes impulsos que contaminam a evolução, a paz e os valores humanos.”

Para a performance de 4 de Dezembro (19h) a artista convidou um grupo de bailarinos e ainda o músico nigeriano Keziah Jones. Keziah Jones vem a Lisboa musicar a performance e dizer textos que foram escritos por ambos, enquanto Rita GT criará, durante o evento, um cenário que transformará o espaço em zona de intervenção e contestação social.

De 5 de Dezembro até 10 de Janeiro o público poderá ver o cenário e o vídeo que resultam da performance/statement multidisciplinar de 4 de Dezembro. Esta performance é um evento único.

Rita GT Nasceu no Porto em 1980, vive em Luanda desde 2012 e foi na capital angolana que fundou o ‘e-studio Luanda’, um projecto colaborativo com artistas angolanos. A artista levará o ‘e-studio Luanda’ ao Dubai em Janeiro de 2016 no âmbito de uma residência artística neste emirado.

 

 

Ficha Técnica

Curadoria: Adelaide Ginga

Autoria: Rita GT

Música e texto: Keziah Jones

Bailarinos: Interpretação: Catarina Barbosa, Inês Queirós, Maria Inês, Catarina Luís, João Abreu (Espaço Neutro); Lili Barbô; Nuno Gil; Paulo Cardoso; Rute Esteves

 

 

Datas: 4 Dezembro – 10 de Janeiro

Local:

Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado

Rua Serpa Pinto 4, Chiado – Lisboa

 

Links:

Site: www.ritagt.info

Facebook: https://www.facebook.com/rita.gt1

Museu: http://www.museuartecontemporanea.pt/pt/programacao/1776



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This