rdb_stringtheory_header

String Theory

A Teoria do Fio e a Geometria Euclidiana.

String Theory, composto por duas designers Canadianas, de Montreal, a segunda maior cidade da província do Quebec, a segunda mais povoada do Canadá, e a também segunda cidade francófona mais habitada do mundo somente perdendo para Paris que se encontra em primeiro. É um dos centros culturais mais importantes do país, albergando vários eventos nacionais e internacionais, incluindo um famoso festival de Jazz de Montreal. Com grande diversidade de eventos culturais e tanta variedade, Montreal é considerada a cidade mais Europeia da América do Norte. Portanto não nos surpreende que albergue grandes artistas e designers de moda. Tal como Lysanne Latulippe e Meghan Price, a dupla que fundou String Theory em 2010.

Lysanne, perita em tricô, compreende intimamente o material e a técnica, tem uma fascinação por padrões na natureza e interesse em novas técnicas inovadoras de design de tricô. Os seus têxteis sofisticados evocam uma procura pelo balanço entre técnica e expressão artística. Ensina construção têxtil no centro de têxteis contemporâneos em Montreal. A sua experiência no campo do design de tricô e tecelagem é também empregada em consultadoria e colaboração em negócios e com designers independentes.

Meghan é uma artista e designer têxtil, com uma licenciatura em construção têxtil da universidade contemporânea de têxtil e tendo um mestrado em artes belas com especialização em fibras da universidade da Concordia. Exibe os seus trabalhos internacionalmente e tem recebido vários prémios ao longo do seu percurso. Ambas já se encontram na casa dos 30 com significante experiência na área da moda e têxteis.

Apelidam-se de complementares para cromos de matemática, alguém já ouviu falar de cromos com estilo? Agora sim, já podem ter estilo e manter o seu estatuto de geek, basta usar um para parecer o interior de um livro de geometria, talvez uma fantasia oculta de um cromo, entrando num próprio estilo e na sua “cena”.

Proclamam o uso da geometria, afirmam-no na sua página do Facebook onde publicitam “Geometry: a 2400+ year old trend”, aplicando-a à construção dos seus padrões que adequam nas suas concepções. Utilizam motivos euclidianos padronizados. Na matemática a geometria euclidiana é a geometria sobre planos ou objectos em três dimensões baseados nos postulados de Euclides de Alexandria.

Seguem uma filosofia do artesanato misturada com uma construção geométrica futurista, desvendam um respeito pelo tecido e uma grande excelência na sua preparação. Mantendo a integridade do produto, logo mantêm proximidade com pequenos produtores têxteis de excepcional qualidade, pessoas que desfrutam do seu trabalho como criadores de texturas.

Os produtos são concebidos com as suas próprias ideias em mente, como o artesanal, tendo em conta a tradição mais a inovação, a experiência, uma visão pessoal das designers, a qualidade e duração do produto. O material, tendo em conta o impacto no planeta, desde a concepção, ao material, transporte, todas as etapas do produto e, claro, o comportamento do produto em si. As pessoas, formando relações entre os fornecedores, clientes e a marca, como uma amizade com mútuo beneficio. E por fim a localização. Não tendo fronteiras, são membros de uma vasta comunidade com a mesma filosofia por todo o mundo.

Os seus designs incluem desde cachecóis a mantas e lenços, vêm em motivos pretos e cinzentos, empregando principalmente matérias primas como a alpaca, o algodão, lã de merino e bambu. Um dos seus primeiros designs inclui o cachecol 101 com teoria de fio intricada, que mimica o processo de tecelagem, e o big mess que contempla uma elegante composição baralhada. Os preços das suas criações variam entre $120 a $320 dólares, isto é, 84€ a 238€ Euros, um pequeno luxo somente acessível a poucos.

Apreciado como um produto inteligente e luxuoso, com grande qualidade a nível de materiais, os seus ingredientes serão um pouco de matemática e uma mistura de humor. Concebem pequenas peças que complementam visuais, distinguem e inovam, além de aquecerem no Inverno. Sem dúvida uma peça indispensável no frio do Canadá e outros países nórdicos e, claro, uma peça única para apreciadores e coleccionadores.

Cada vez mais contemplamos o design aliado à ciência, à matemática e outras áreas actuando em conjunto para conceberem novos conceitos revolucionários, novos materiais, novas ideias que fascinam e cativam e revolucionam, levando o design de moda a um novo patamar e a novas expectativas.

Créditos para o fotógrafo Frederic Bouchard também de Montreal.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This