rdb_praga_header

Um estágio em Praga

Postcards from Prague.

Margarida do Ó Oliveira nasceu em Santiago do Cacém, Portugal, no dia 3 de Abril de 1989. O seu interesse pela fotografia manifestou-se desde cedo, pelo que, com apenas 18 anos e uma vida inteira pela frente, utilizou o primeiro salário e comprou a sua primeira máquina fotográfica. Foi o início do que viria a ser, mais do que uma profissão, uma verdadeira paixão.

Com a sua Nikon em punho, iniciou, então, os seus trabalhos enquanto fotógrafa amadora, até que sentiu necessidade de aprofundar os seus conhecimentos. Foi com o intuito de atingir esse objectivo que ingressou no Curso de Fotografia, que, no final, lhe ofereceu a grande oportunidade de realizar um estágio de três meses na bela cidade de Praga, capital da República Checa.

Embora isto significasse estar três meses a milhares de quilómetros da sua família e amigos, Margarida não teve qualquer relutância em aceitar o desafio. Assim, juntamente com um colega, dia 28 de Fevereiro, tirou o lencinho branco do bolso e acenou-o à entrada do avião que a levaria para a que foi, até ao momento, a maior experiência da sua vida.

Foi com grande entusiasmo que Margarida aterrou na belíssima cidade de Kafka e percebeu que, apesar do frio, da dificuldade da língua e da moeda, esta seria uma experiência verdadeiramente compensadora. Os primeiros momentos na cidade foram destinados à descoberta, ao vislumbre dos magníficos monumentos e da arte espalhada por toda a cidade.

A residência onde ficou instalada não podia ser melhor. Lá encontrou muitas pessoas, de nacionalidades diferentes, o que lhe deu a oportunidade de, através do convívio constante, treinar a língua inglesa. Juntos, desenvolveram grandes laços de amizade que se mantêm até então e que, certamente, perdurarão no tempo.

Depois de bem instalada, depressa Margarida saiu à rua e jogou mãos ao trabalho que, apesar de lhe ter ocupado bastante tempo e de ter sido algo cansativo, foi realizado com grande prazer e dedicação, permitindo-lhe aplicar os seus conhecimentos e, assim, crescer e amadurecer pessoal e profissionalmente na sua área de eleição. Não só em casa, mas também no trabalho, teve oportunidade de conhecer excelentes pessoas e profissionais que contribuíram, precisamente, para esse importante crescimento e que ela jamais esquecerá. Teve ainda possibilidade de visitar outros países, tais como Alemanha e Hungria, que adorou e que prometeu a si mesma explorá-los numa próxima viagem.

Os três meses destinados à realização do estágio passaram num ápice. Esta experiência fez com que mudasse a sua forma de ver o mundo e tudo o que está à sua volta, e permitiu-lhe, ainda, consolidar e definir novos objectivos e metas que a tornarão uma melhor pessoa e profissional no futuro.

Sendo quase impossível transmitir sensações por palavras, sigam o link externo indicado onde poderão ver as imagens que marcaram esta extraordinária experiência.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This