lomo_007_header

Lomo La Sardina

Para fotografar e espantar.

A Lomo La Sardina é mais uma máquina concebida pela marca, não só para fotografar, como para espantar. Não é possível passar despercebida e é o foco de muitos olhares com a sua forma de lata de sardinhas (daí o nome) e flash proeminente.

Tal como muitas outras máquinas criadas pela Lomo, utiliza filme 35 mm e tem algumas características próprias. A lente é fixa e grande angular, a focagem faz-se rodando um anel na lente entre dois símbolos (que na máquina que usei mal se viam) entre grandes planos e paisagem. Como não há maneira de prender este anel, podemos estar a desfocar as fotografias se não tivermos atenção. A velocidade e abertura são fixas, e sem possibilidade de controlo, excepto quando usamos a pose B e a possibilidade de expor o mesmo frame mais do que uma vez (possibilidade que acabei por não experimentar).

O flash oferece 3 potências diferentes, indicadas no mesmo com símbolos, mas mesmo na potência máxima o alcance é relativamente reduzido, pelo que apenas os assuntos a curta distância da lente ficam relativamente bem iluminados. Durante a semana em que utilizei a máquina experimentei a mesma em interiores e exteriores, com e sem o flash (e os seus adaptadores às cores) e obtive os resultados que podem ver na galeria.

Incomoda-me um pouco a falta de controlos que apresenta, mas se fotografarmos sempre de dia (ou usarmos o flash de noite e em interiores) certamente que a conseguiremos usar em muitas situações, e em todos os casos não vamos passar despercebidos.

Galeria fotográfica aqui. Unboxing video aqui.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This