Vencedor do 14º Festival Queer Lisboa

O júri da Secção Competitiva Para A Melhor Longa-Metragem, formado pela actriz Rita Blanco, o escritor José Luís Peixoto, Michèle Philibert, directora artística e programadora, pelo jornalista e crítico Thomas Abeltshauser e pelo jornalista e realizador Gorka Cornejo escolheu para filme vencedor “El Último Verano de la Boyita”, de Julia Solomonoff (Argentina).

O júri declarou que “através da história de amizade entre uma jovem curiosa e um hermafrodita, o filme oferece-nos um exemplo de empatia e solidariedade, combinando beleza e crueldade. Evitando julgamentos, clichés e superficialidade, frequentemente presentes em filmes convencionais com crianças”.

Em relação ao prémio para a Melhor Actriz o júri voltou a premiar “El Último Verano de la Boyta” pelas três performances femininas. Guadalupe Alonso, Mirella Pascoal e também Nicolas Treise. Esta decisão especial baseou-se na leveza com que encarnam os três complexos papéis. Enquanto Guadalupe nos encanta e contagia com o seu generoso olhar sobre a vida, Mirella constrói com mestria uma abordagem subtil e complexa ao que é ser mãe de uma criança queer. Nicolas Treise tem uma representação queer e sincera, ao mesmo tempo contida e comovente.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This