yanntiersen-storevega_mgl6374xs

Yann Tiersen no Coliseu de Lisboa | Antevisão

O fabuloso regresso do bretão a Lisboa

Quem (re)conhece a obra do multi-instumentista Yann Tiersen vai, certamente, achar o título da RDB redutor. O músico bretão, que normalmente é associado às OST de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” de Jean-Pierre Jeunet e “Good Bye Lenin!” de Wolfgang Becker é na verdade muito mais que estas duas extraordinárias bandas sonoras.

Autor de oito álbuns originais, além dos dois supracitados, nos últimos anos andou muito mais próximo de guitarras do que os sons que o levaram a ser um músico de culto e respeitado um pouco por todo mundo, e bastante por terras lusitanas.

Os últimos dois álbuns de Yann Tiersen espelharam uma mudança no paradigma melódico do artista, no entanto para a RDB esta alteração de um lugar confortável para uma toada mais Rock n´Roll acabou por ser uma opção menos feliz do artista francês. Eventualmente ele próprio terá reconhecido que o caminho certo não era este e, pela primeira vez nos últimos dez anos, vai realizar uma Live Solo Tour. Esta tour foi anunciada como um regresso aos caminhos mais intimistas e negros do músico natural da ilha Ushant, na Bretanha. A promessa são dez temas inéditos, ainda não editados, mas já parcialmente disponíveis em streaming de um álbum que se chamará “Eusa”. Segundo o próprio, cada faixa procura “criar um mapa musical da ilha” na qual vive actualmente. Além deste dez temas são esperados alguns clássicos de álbuns anteriores, onde certamente não vão faltar alguns dos temas de Amélie Poulain.

Depois da última aparição em Lisboa em 2014, Yann Tiersen prepara-se para um regresso ao passado, ao leme do piano e acompanhado apenas por violinos. É já no próximo sábado no Coliseu dos Recreios em Lisboa. A afluência do público português foi tanta que foi obrigado a um concerto extra, no mesmo dia na sessão das seis da tarde.

A RDB estará lá para contar tudo!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This