rdb_FrédéricBack_header

Homenagem a Frédéric Back – Cinema na Culturgest

Crac! The Man Who Planted Trees são dois dos muitos filmes premiados que integram esta homenagem ao grande mestre de animação, Frédéric Back, falecido em Dezembro de 2013.

Frédéric Back nasceu em 8 de abril de 1924 numa aldeia dos arrabaldes de Saarbrücken, na região do Sarre, nesse tempo território francês. Assim que começou a andar, começou também a desenhar com tudo o que apanhava à mão, e por esses anos nasceram duas das suas grandes paixões – música e animais.

Quando chegou o tempo de escolher os seus estudos, Back sabia que era através do desenho que mais facilmente se exprimia. Tirou um curso de litografia na Écolle Estienne, em Paris, e dois anos depois foi estudar para a Escola de Belas-Artes de Rennes, onde encontrou um professor que já muito admirava como artista gravador e que teve enorme influência na sua formação, Mathurin Méheut. Com Méheut aprendeu a observar o mundo de perto e a desenhar pessoas e animais em movimento, ilustrando frequentemente as relações dos humanos com a terra e os animais.

Acabados os estudos, fez longas viagens, sempre pintando, sobretudo paisagens. Em 1948 fixou-se em North Sidney no Canadá e começou a trabalhar para a Radio-Canada onde ficou até ao fim da sua carreira. Os seus filmes de animação são verdadeiros manifestos a favor da proteção da Natureza e da alteração de comportamento dos homens e da economia, que põe em perigo “este paraíso terrestre”. A sua profunda militância exprimiu-se também de outras formas – fazendo conferências, participando em manifestações, fundando a Société Québécoise pour la Défense des Animaux. Os seus filmes foram nomeados quatro vezes para os Óscares, e por duas vezes venceu. Recebeu as maiores honras no seu país e deixou-nos na véspera de Natal do ano passado, com 89 anos.

 

O programa é o seguinte:

 

1ª Sessão · 15h

 

Abracadabra (1970)

Duração: 9’20”, sem palavras

 

Inon Ou La Conquête du Feu (1972)

Inon Ou A Conquista do Fogo

Duração: 9’35”, em inglês, com legendas em português

 

La Création des Oiseaux (1972)

A Criação dos Pássaros

Duração: 10’4”, sem palavras

 

The Mighty River (1993)

O Rio Enorme

Duração: 24′, em inglês, com legendas em português

 

Crac! (1981)

Duração: 15′, sem palavras

 

2ª Sessão · 16h30

 

Illusion? (1975)

Ilusão?

Duração: 11’30”, sem palavras

 

Taratata (1977)

Duração: 8’30”, sem palavras

 

All Nothing (1978)

Tudo Nada

Duração: 11’30”, sem palavras

 

The Man Who Planted Trees (1987)

O Homem Que Plantava Árvores

Duração: 30′, em inglês, com legendas em português



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This