“Lobos cinzentos” | Robert Muchamore

“Lobos cinzentos” | Robert Muchamore

A2 submarino ao fundo

No mundo da literatura dirigida aos mais jovens, poucos terão conseguido congregar uma legião de fãs tão imensa quanto o inglês Robert Muchamore.

Fazendo valer a sua experiência de detective privado, actividade a que esteve ligado durante 12 anos, Muchamore criou a colecção CHERUB, instituição clandestina que representa o braço juvenil do MI5 britânico. Qualquer coisa como trabalho infantil legalizado, já que o esforço de guerra não olha a idades.

Mais recentemente, Muchamore desdobrou a série CHERUB numa outra, que se dedica a revelar as origens da agência. O seu nome: Henderson`s Boys.

Em “Lobos Cinzentos” (Porto Editora, 2014), o quarto volume da série, viajamos até à Primavera de 1941, numa fase da Segunda Guerra em que os submarinos alemães patrulham impiedosamente o Atlântico Norte, afundando os navios que circulam com comida, combustível e armas de que a Grã-Bretanha tanto necessita para sobreviver.

Porém, enquanto a Marinha Real perde a guerra no mar, seis jovens agentes encetam a missão de se infiltrar na Europa ocupada, para sabotar uma das mais importantes bases de submarinos alemã localizada na costa ocidental francesa.

Acção, aventura, sentido de humor e muito suspense, os ingredientes habituais na gastronomia literária de Muchamore que irão deliciar, uma vez mais, os jovens leitores. A2 submarino ao fundo, apetece dizer.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This