rdb_malasombra_header

Malasombra

E se a tua sombra fosse roubada?

E ao segundo dia do Little Shadow, o São Luiz encheu a sala principal.

Oriundo de Espanha, “Malasombra” trouxe a magia da dança e do teatro, combinada com cenários interactivos que cativam qualquer um. Neste espectáculo, o público é convidado a viajar por um imaginário colectivo e que nos faz mergulhar na obscuridade e na luz do ser humano.

O espectáculo é inspirado na história de Peter Schlemihl, do aristocrata Francês Adelbert von Chamisso. Na história, Schlmeihl vende a sua sombra ao diabo por uma carteira sem fundo, apenas para descobrir que um homem sem sombra é evitado pela sociedade. Este é um romance onde a sombra é assimilada pela alma, ou pelo duplo de si mesmo, como algo precioso e caro. Adaptado para um público mais novo pela companhia Au Ments, “Malasombra” é uma adaptação livre, onde a sombra de alguém é roubada.

Foram 50 minutos cheios de entusiasmo partilhado por todas as crianças que encheram a sala. O espectáculo mostra-nos um jogo de sombras, de luz, uma combinação de músicas e de danças que nos levam a percorrer uma história simples, mas muito bem conseguida. E, claro, é sempre muito interessante ver que as crianças não se coibirem de dar a sua opinião no princípio, no meio ou no fim da peça, em alto e bom som para todos ouvirem. Foi óbvio que todas as crianças vibravam com o desenrolar da história. O entusiasmo era tanto que eram poucas as que conseguiam estar sentadas direitas; a maior parte estava inclinada para a frente, a tentar absorver cada momento ao máximo. “Benfeita” ou “Toma lá” foram algumas das reacções que se ouviram pelo teatro quando, finalmente, o mau da fita foi apanhado, seguidas de uma salva de aplausos.

O projecto foi apresentado pela companhia Au Ments, residente em Espanha e formada por Andrea Cruz e Tomeu Gomila, em 1996. Os seus espectáculos são uma combinação de dança, teatro gestual, performance e videoarte. Actualmente, Au Ments é uma das companhias das Baleares com maior projecção internacional.

“Malasombra” venceu o prémio para melhor espectáculo de palco da cidade de Palma de Mallorca e do Fundo Iberescena, em 2010, o Prémios Escénica para Melhor Produção, Melhor espectáculo, Melhor Cenografia e Melhor Desenho de Luz, em 2011, e foi nomeado para o Prémio Revelación MAX, em 2012.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This