internationale_inside

The Last Internationale @ Vale de Cambra

O blues with boots de passagem por Portugal.

O auditório da Associação Cultural e Recreativa de Vale de Cambra recebeu, dia 21 de Janeiro, os The Last Internationale. O trio nova-iorquino está de passagem por Portugal para apresentar o seu novo álbum “Choose your Killer”. O concerto, organizado pela associação Vale de Pandora, teve como banda de abertura os Modesto Narciso, um projecto valecambrense que já se notabilizou como um dos mais criativos no festival de música Cambrafest.

“Choose your killer” inclui temas como «Life, Liberty And The Pursuit Of Indian Blood», «Hurts Me Too» e «Crawlin’ Queen Snake», marcados por uma mistura de Blues, Folk e Rock. As temáticas centram-se em aspectos da condição humana, como a dor, o amor, a política, a pobreza, a esperança, conjugadas de forma a nos identificarmos com as suas músicas.

Já passavam das 23h30 quando as figuras de preto, de botas e casaco de cabedal subiram ao palco, prontos a enfrentar um auditório cheio, que de maneira alguma os intimidou. Edgey, com toda a sua dedicação à guitarra e envolvência nas músicas, e Delila Paz, com a sua sensualidade e voz doce, acompanhados de Woody, na bateria, iniciaram o concerto com as músicas mais soft.

The Last Internationale

Entre as músicas do novo e do antigo álbum, houve ainda espaço para a sua conhecida versão da música tradicional americana, «House Of The Rising Sun», suscitando grande entusiasmo da parte do público. Bastante aplaudida foi, também, a música interventiva «World Inside My Head», um tema sobre a classe trabalhadora e a opressão, que dedicaram, especialmente, ao povo português, nesta altura de crise profunda.

A interacção com o público foi constante, tanto em Inglês como em Português, retribuída pelo bater de palmas ritmado e das botas dos protagonistas da noite a marcar o compasso da música, ou, como eles chamam, o blues with boots.

Depois de um encore para nos agraciarem com uma última música, terminaram o concerto com um “obrigado” mal pronunciado.

Fotografia de Sandra Santos.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This