TS_header

Tindersticks @ São Jorge | 26 de Março

Um prazer como sempre

Enésimo concerto dos Tindersticks num Portugal que não se farta da banda de Stuart Staples e companhia. Esta é a reportagem de alguém que viu os Tindersticks ao vivo, pela primeira vez, no São Jorge. Dia 26 de Março de 2012, portanto, muitas cidades – Caldas da Rainha, Lisboa, Porto, Guimarães, Sintra, Guarda e Estarreja, por exemplo – e vários festivais – Paredes de Coura, Sudoeste, Marés Vivas – depois. Nunca vimos os Tindersticks porque nunca tivemos vontade de os ver, nunca vimos os Tindersticks porque nunca estivemos em nenhum dos eventos referidos, embora sejamos adeptos de grandes festivais. Nunca vimos os Tindersticks porque, no fundo, a vinda dos Tindersticks a Portugal banalizou-se com o tempo. Nada contra, os fãs, os que interessam, os que voltaram a encher o São Jorge, é que ficam a ganhar.

Os ingleses entraram pontualmente – passe a redundância –, bem apresentados, com fatos de gala, esses que nunca abdicam nos concertos e que combinam tão bem com a boa apresentação de uma sala como o Cinema São Jorge. Nota-se que os Tindersticks influenciaram um outro culto – curiosamente bem maior –, o dos National, o das canções amarguradas e cheias de negrume, o som que vai beber do mesmo panteão, o dos Joy Division. O novo disco, “The Something Rain”, apresenta toques soul, influências jazzy, momentos spoken-word e piscadelas de olho psicadélicas. As canções vão da simplicidade desarmante ao grandioso. Staples, sabemos, balança a voz entre Ian Curtis, Leonard Cohen e Nick Cave e, por vezes, parece suportar o peso do mundo inteiro na sua voz. Aguenta-se, sempre.

Os Tindersticks quase não comunicam verbalmente com o público. O público quase não comunica verbalmente com os Tindersticks. Os intervalos entre as canções são preenchidos por palmas e silêncios. É tudo muito correcto. Antes do primeiro encore – foram dois -, Staples atira: “Foi um prazer, como sempre”. A plateia retribuiu com três (!) ovações, de pé. Vão voltar.

Fotografia por Graziela Costa. Galeria fotográfica aqui.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This