“Vende-se mãe” | Care Santos

“Vende-se mãe” | Care Santos

O valor de uma Mãe

Tudo mudou a partir do momento em que o grão-de-bico apareceu na casa e na vida do Óscar. Três semanas e dois dias de gente, feio, gordinho, pálido e enrugado, com uma vida monótona feita de dormir, comer e fazer necessidades, mas capaz de captar, por completo, a atenção da mãe.

Vende-se Mãe” (Planeta, 2014) é a decisão do Óscar perante a lista de coisas horríveis que a mãe insiste em fazer e que tanto o desagradam, como não o deixar comer o que gosta, passar a vida a dizer que tem de ser responsável e, o pior de tudo, gostar mais do grão-de-bico do que dele.

Num tom de humor e sabedoria, o livro apresenta de uma forma natural, satirizada e hiperbolizada o que sente um menino de oito anos e meio quando tem um irmão e vê reduzidas as suas doses de atenção e carinho.

Óscar conta com a preciosa ajuda de Nora, a sua melhor amiga, e juntos elaboram um anúncio que publicam num site de vendas e leilões online. Motivados pelas regras da publicidade, Óscar e Nora descrevem a mãe do menino numa mão cheia de qualidades, destacando as características que mais poderão agradar aos interessados, como os crepes de fiambre que ela tão bem faz. Realçando sempre o lado positivo, as crianças sustentam que, nestas coisas do marketing, não se pode mencionar as coisas más. Contudo, uma das maiores dificuldades surge quando têm de atribuir um preço ao produto em venda, pois afinal, questionam-se, quanto valerá uma Mãe?

Publicado o anúncio, o Óscar vê-se confrontado com clientes interessados em ficarem com a sua própria Mãe e, aí, as certezas já não são tantas. Será que o negócio se concretiza?

No entanto, os temas puxados para a intriga não se esgotam na relação do Óscar, com a sua mãe e o seu pequeno irmão. Nora é uma menina solitária, cujo pai, uma estrela da televisão admirada por todos, guarda pouco tempo para desfrutar da filha. Através desta personagem e sempre num diálogo aberto, sincero e sem paternalismos forçados, colocam-se questões pertinentes para a vida das crianças e das famílias num cenário real e actual.

Com mais de 40 livros publicados, entre crianças, jovens e adultos, a espanhola Care Santos viu o livro “Vende-se Mãe” ser galardoado com o Prémio El Barco de Vapor de 2009. A sua escrita despojada mas cuidada, bem como a sua imaginação rica e sustentada em temas importantes e interessantes, justifica o sucesso que tem alcançado e os inúmeros prémios que tem recebido.

Destaque ainda para as ilustrações de Andrés Guerrero, cuja simplicidade, lembrando os desenhos de qualquer menino de oito anos e meio, acompanha com apontamentos subtis e divertidos alguns episódios da história.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This