rdb_Woouf_header

Woouf

Design avant-garde made in Barcelona.

Woouf é um estúdio de design jovem e multidisciplinar situado em Barcelona, fundado em 2008 por Pablo Martínez. Depois deste trabalhar no campo da moda durante 10 anos, expande as suas actividades ao campo de outras disciplinas como o design de interiores e ilustração. Criam peças de design exclusivas e produtos avant-garde com um objectivo claro, marcar a diferença. A aposta na inovação e na combinação de criatividade, funcionalidade e qualidade, é a sua filosofia como marca.

O seu primeiro conceito para a primeira colecção de puff’s vem da ideia invertida das dimensões de alguns objectos que são parte do nosso universo em relação aos espectadores e como reinterpretam estes. Pretendendo surpreender e provocar reacção com seus produtos, querendo usar o seu nome como uma exclamação: WOUUF!!

Em 2010 a marca uniu-se com a Adidas para colaborar na edição Sónar para a Adidas Pro Area. Inspirada nesse ano no filme Star Wars, basearam-se nas cenas do universo, puff’s do Millennium Falcon, bancos, mesas, chapéus de chuva e posteres Universe. Recentemente Woouf desenvolveu 3 puff’s inspirados no famoso pan con tomate, pão com tomate, uma fatia de pão de 3 metros e 2 metades de uma rodela de tomate, para o Movimientos Arte, um projecto de uma galeria itinerante que deseja exportar as novas tendências artísticas da Europa para a América do sul, sendo a Argentina o seu primeiro destino, onde exibiram trabalhos de 15 artistas de 13 diferentes centros, cobrindo diferentes áreas artísticas desde artes, música electrónica, ilustração, instalações de vídeo, arte interactiva, gastronomia, etc.

Participaram na semana do design de Valência 2010 com uma instalação intitulada “Gold Rush”, em colaboração com o estúdio GR Design de Barcelona e Domestico Shop. Na festa da marca de relógios Casio, “Shock the World Tour”, que esteve presente em Madrid e marcou presença em 12 cidades diferentes por todo o mundo, Woouf concebeu 6 puff’s grandes com os modelos dos relógios Casio, focando-se principalmente no G-Shock e Baby.G que lançaram nestas festas.

Woouf! Concebeu uma almofada de plástico de ar para a Adidas, para o festival de som nacional e internacional que se realizou em Barcelona, concebendo um “rádio almofada” do tipo que se leva no ombro todo hip and hop Ghetto Blaster. Muito in! Ray-Ban também faz parte da lista no festival de som, bancos confortáveis com frases Ray-Ban, pianos, logos, encarnando a marca. Trabalham ainda com nomes como a G-Shock, Ellese, no festival de Cannes em 2011, na França, para a Schweppes, um clube de praia para a qual desenvolveram umas pequenas almofadas de limas e limões.

A sua colecção Primavera/Verão 2011, em colaboração com os irmãos Mingarro, Juan e Alejandro do estúdio Brosmind fundado a 2006 em Barcelona, trouxe a sua frescura e mundo de grafismo cheio de fantasia à woouf. Criaram uma série de 6 edifícios, a cidade Brosmind que recria uma estação de bombeiros, um cinema, uma loja de doces, entre outros edifícios divertidos e carismáticos.

Têm um grande historial e grande influência, trabalham sempre com grandes nomes, vão a tudo e todos e deslumbram qualquer um, e mostram-se sempre “na cena”, alternativos!

Os produtos Woouf são pensados para indivíduos, como também para qualquer espaço que deseje ter uma mobília e decoração contemporânea e original. Concebem produtos tailormade, para companhias e instituições culturais para exibições, apresentações, festivais e todos os géneros de eventos. Todos os produtos são feitos em Barcelona, o que significa que os designers têm acesso a todas as etapas do produto, desde desenvolvimento, planeamento, concepção e venda, devido ao sistema vertical de produção que economiza na exteriorização dos processos. Assim podem garantir a máxima qualidade em todos os seus produtos.

Graças à sua loja online conseguem chegar aos mais variados clientes e a todos os cantos do planeta, a quem gostar e quiser ter um gostinho de Woouf!

Queres um Woouf? Então terás que desembolsar entre 70 a 200 euros para comprar uma destas preciosidades que provavelmente ficarão marcadas como peças contemporâneas que pertencem a… museus? Talvez no futuro encontremos estas nos museus sem dúvida. Por enquanto pertencem nas nossas casas e espaços culturais e artísticos. Enjoy!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This