“Escuro” ARTEC

“Escuro” | ArTeC

Pelo prazer de arriscar

“Escuro” é uma peça levada a cena pelo ArTeC, no Bar Novo da faculdade de Letras de Lisboa. O texto e a encenação têm a assinatura de Marcantónio Del Carlo. Conta no seu elenco com Amadeu Mendes, Ana Luísa Pinto, Carolina Mourato, Joana Martins, Leonor Buescu, Miguel Ponte, Raquel Brites, Raquel Martins, Ricardo Sabino e Sónia Castro.

A peça fala-nos de um grupo de amigos que deseja deixar uma marca na sua passagem pela faculdade. Cansados do tédio de viver sem sentido, orquestram um «sacrifício» que acontecerá durante uma festa. Somos convidados a experimentar o medo dos sacrificados e o prazer dos que sacrificam. Entre a luz e o escuro,  a peça deixa-nos vaguear sem moral em sobretudo, sem moralismos: Escuro é uma estória que, como tantas outras, tem dois lados, duas versões. E cabe-nos a nós, público, levar para casa os medos e os gritos que irão fazer eco nos nossos ouvidos, sem dúvida alguma.

O espaço cénico casa muito bem com o bar da FLUL e faz-nos sentir que estamos verdadeiramente em cena. Mas assistir à peça não é um sacrifício, de forma alguma. Temos oportunidade de ver em palco jovens actores que dão o melhor de si e que se encontram nitidamente em processo de aprendizagem. É muito bom vê-los em palco, a arriscar e a ousar.

Parabéns a todos e parabéns ao ArTeC, que celebra 19 anos de existência.

No passado dia 16 de Maio, a peça marcou presença no FATAL – Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa e encontrar-se-á em cena até ao dia 8 de Junho, no Bar Novo da FLUL, às sextas e sábados, pelas 22h. O bilhete custa 2 euros.

 

Fotografia de Marta Gouveia



There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This