Festa do Cinema Francês regressa à Margem Sul

A cidade de Almada volta a acolher a Festa do Cinema Francês, como já vem sendo hábito desde 2006. A 15ª edição do evento arranca amanhã às21h30 com a exibição do filme-documentário La Cour de Babel de Julie Bertucelli, no Auditório Fernando Lopes Graça do Fórum Municipal Romeu Correia (Praça da Liberdade). La Cour de Babel saíu em França em Março e em 3 meses registou 200 000 entradas. Foi rodado durante um ano escolar numa sala de aula com alunos entre os 11 e os 15 anos, vindos de várias partes do mundo, reunidos para aprender a falar francês. Brigitte Carvoni é a professora que inspirou a realização deste documentário com o seu método de ensino. Olivier Daviaud, autor das bandas sonoras de Gainsbourg (Vie héroïque), Le Chat du Rabbin e Jack et la mécanique du cœur, assina a música de La Cour de Babel.

De 12 a 16 de Novembro há 15 filmes em exibição. Para os mais novos, haverá uma selecção de filmes de animação: Ma Petite Planète Chérie Mia et le Migou de Jacques-Rémy Girerd, Le Père Frimas de Youri Tcherenkov, l’Oeil du loup de Hoël Caouissin e Les quatre saisons de Léon de Pierre-Luc Granjon, Antoine Lanciaux e Pascal Le Nôtre. Os almadenses poderão também assistir à comédia Libre et Assoupi de Benjamin Guedj, à aventura de um jovem futebolista em ascensão com Comme un Lion de Samuel Collardey, à fantasia Attila Marcel de Sylvain Chomet, ao clássico Le Schpountz de Marcel Pagnol, às traquinices do menino Nicolau em Les Vacances du petit Nicolas de Laurent Tirard, às quatro histórias extraordinárias em Sur le chemin de l’école de Pascal Plisson, às aventuras de seis jovens problemáticos dos arredores de Paris na província em Camping à la Fermede Jean-Pierre Sinapi, à história emocionante sobre uma realidade longínqua em Hope de Boris Lojkine e à descoberta apaixonante da Argélia por um jovem descendente de 26 anos que viaja até lá para salvar a casa do pai em Né Quelque Part de Mohamed Hamidi.

Os bilhetes custam 2,50€, com reduções para membros e alunos da Alliance Française e packs de dois. As escolas têm entrada gratuita. A Festa, que se encontra na recta final, segue para outras cidades portuguesas: Setúbal, Aveiro e Funchal. Pela primeira vez visitou também várias aldeias do nordeste do país, levando o filme Les vacances du petit Nicolas a lugares sem cinema, através da iniciativa Festa na Aldeia.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This