rdb_jazzpt2010_header

Festival jazz.pt

O melhor do jazz nacional e internacional em Lisboa.

O jazz será, de entre os vários estilos musicais, o mais livre de todos.

Nascido no início do século XX, nos Estados Unidos, resultante da confrontação da música de influência negra com a música europeia, o jazz é todo ele acerca do ritmo, ou melhor, do swing, onde a improvisação e a própria interacção entre os músicos têm um papel importante no desenrolar da música. Para a posterioridade, ficarão sempre as palavras mágicas de Duke Ellington, que resumiu assim o jazz: “It’s all music” [é tudo música].

É com a mesma liberdade criativa do jazz que se desenrola o Festival Jazz.Pt, distribuído por oito espaços diferentes do panorama musical da zona do Cais da Pedra, em Lisboa, juntando alguns dos melhores nomes do jazz nacional e também internacional. Por entre os espaços culturais e comerciais do Lux, a Loja da Atalaia, a Bica do Sapato, a Flur, o Nord, o Casanova, o Delidelux e o Odessa/FactoLAB, o festival vai receber oito concertos, showcases, oficinas de jazz para crianças, mesas redondas, exposições e uma feira de discos.

Para além de Portugal, a Alemanha será porventura o país com maior destaque no Festival Jazz.Pt. Para além do Grünen, o colectivo dos germânicos Robert Landfermann e Achim Kaufmann, que vão apresentar o álbum homónimo com o selo da Cleen Feed no concerto de abertura do festival no Odessa, o certame terá um dos seus grandes momentos com o concerto que junta o português radicado em Berlim, Rui Faustino, com Jan Roder, Silke Eberhard e Nikolaus Neuser. O pretexto é o lançamento de “50”, o álbum de free be-bop que será apresentado com o selo da JACC Records.

No sábado à noite, há outro momento que promete ficar para a posterioridade. Aquela que é uma das maiores promessas do jazz português, o saxofonista Desidério Lázaro, juntou-se ao consagrado contrabaixista Mário Franco e ao jovem baterista Luís Candeias para formarem um trio que, dizem, vai dar que falar. Como não poderia deixar de ser, John Coltrane é o ponto de partida, para o lançamento de “Rotina Impermanente”, o álbum de estreia do Desidério Lázaro Trio. Por fim, destaque ainda para os noruegueses The Core, que vêm apresentar “Party”, na festa de pré-aniversário da Jazz.Pt. Perto de comemorar dez anos e com uma digressão nacional em vista, os The Core podem ser uma das grandes revelações de muito bom público português, com um jazz aberto ao rock’n’roll e à energia festiva do free-jazz. Autênticos inimigos da letargia!

O resto do programa inclui ainda as actuações de Afonso Pais Trio, da Nebulosa de Hugo Carvalhais, dos italianos Shtik e do ensemble franco-dinamarquês Hasse Poulsen’s Sound of Choice.

O Festival Jazz.Pt, que este ano comemora a sua terceira edição, é uma iniciativa do Jazz ao Centro Clube, associação cultural dedicada ao mundo do jazz que nasceu no seio dos Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra, em 2003, mas que em poucos anos ganhou autonomia própria, seja ao lado da Cleen Feed, a mais proeminente editora do género nacional, seja com a colecção JACC Series, discos ao vivo de concertos organizados pela associação, ou seja com a revista bimestral Jazz.Pt, quiçá o seu projecto mais ambicioso e que este ano celebra cinco primaveras. O Jazz ao Centro Clube continua assim a provar que o jazz tem espaço e público em Portugal, até mesmo quando a indústria musical em geral continua a queixar-se da crise e da falência discográfica. E com a mesma vitalidade e liberdade criativa e espontânea com que o jazz se desenrola.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This