fm19header

Football Manager 2019 | Análise

Provavelmente o melhor FM de sempre

Chegado o mês de Novembro há duas coisas que são certas: aparecem as primeiras luzes de natal e sai uma nova edição do Football Manager. Este ano não foi excepção e a Sports Interactive apresenta-nos uma edição com bastantes melhorias. Mas será o suficiente para agradar aos fãs da série?

Um dos atractivos do Football Manager sempre foi a possibilidade de deixarmos de ser um treinador de bancada e tomar as rédeas de quase 2500 clubes disponíveis, nas mais de 100 ligas jogáveis.

Comecei a jogar Football Manager quando a série ainda se chamava Championship Manager, e, ano após ano, continua a ser o jogo que mais horas me leva e onde muitas vezes acabo a gritar golo e a saltar do sofá como se estivesse a ver um jogo real.

Apesar de experimentar os habituais desafios com um grande clube europeu, ou começar num clube de uma divisão mais baixa, tentando levá-lo à glória europeia, acabo sempre por ter como jogo principal o que faço com o meu Sporting, este ano com o desafio adicional de a equipa estar um pouco desfalcada.

Football Manager 2019 tem bastantes novidades na edição deste ano. Uma delas é a criação de tutoriais nas várias componentes do jogo, os quais têm como objectivo auxiliar os novos jogadores e realçar também as novidades para os jogadores já habituais. A intenção é boa e bastante útil. É que se a profundidade que FM apresenta é um dos pontos fortes do jogo, parece-me que acaba por ser  também um factor que pode afastar alguns jogadores. Quem nunca tenha tido qualquer contacto com este simulador pode rapidamente achar o jogo demasiado complexo e perder-se nos vários menus e opções que existem.

fm2019_1

Os famosos menus e estatísticas dos jogadores, onde passamos a maior parte do tempo, também foi alvo de uma melhoria. Foram feitas algumas alterações ao aspecto dos menus e das cores usadas, o que lhe deu um aspecto mais moderno. Estas alterações levam o jogador a conseguir focar-se mais facilmente no que é mais importante, em cada componente do jogo.

(…) podemos definir como é que queremos jogar com posse de bola, sem posse de bola e nos momentos de transição. Simplesmente fantástico

FM é realmente um jogo bastante realista e uma verdadeira base de dados do futebol mundial. É engraçado que ao longo dos anos tenha contratado jogadores no FM de quem, um ou dois anos depois, ouvi falar na realidade em transferências para grandes clubes. Uma das áreas deste jogo em que certamente se perde tempo é a observar jogadores e a procurar o próximo Ronaldo. Nesse aspecto o departamento de Scouting assume um papel importantíssimo dentro do clube.

Terminada a fase de estudar o plantel e quais as contratações que precisamos de fazer, passamos para a táctica que queremos usar. Este ano a componente táctica foi uma das que sofreu alterações e para melhor.

Novo sistema de tácticas para cada momento do jogo

fm2019_2

Agora ao criar uma táctica nova é possível escolher um estilo base e construir o resto a partir daí. Entre os vários modelos disponíveis encontra-se o famoso Tiki-Taka ou um Gegenpress ou o sempre aborrecido de defrontar “Estacionar o autocarro”. Mas este ano o modelo táctico vai ainda mais longe e podemos definir como é que queremos jogar com posse de bola, sem posse de bola e nos momentos de transição. Simplesmente fantástico.

A grande alteração que FM traz este ano é algo que já há vários anos era pedido pelos fãs: alteração do sistema de treinos. E se os fãs pediam, este ano a Sports Interactive deu-lhes isso mesmo, e não foi uma simples alteração, foi mesmo um sistema de treinos completamente novo e detalhado ao pormenor.

fm19capa

Sistema de treinos completamente renovado

Se o sistema anterior era bastante simples, este é o oposto. Temos agora um calendário mensal e semanal onde podemos parametrizar até 3 sessões de treino por dia. Para cada uma das sessões temos disponíveis cerca de 10 áreas e em cada uma delas vários tipos de treino diferentes. Todo este detalhe assusta um pouco ao início, mas, como em quase todas as áreas do FM, podemos delegar estas tarefas no nosso staff e, quando nos sentirmos preparados, assumir a responsabilidade pelos treinos da equipa.

fm2019_3

Aliás, já há vários anos que o jogo nos dá a opção de relegar praticamente todas as tarefas para os adjuntos e só temos de ver o jogo a acontecer.

Em relação ao jogo jogado propriamente dito, existem as habituais melhorias no motor de jogo, e dá-me a sensação que este ano as alterações tácticas que fazemos durante o jogo, ou as instruções rápidas dadas junto à linha, são mais perceptíveis e têm mais impacto.

Sendo Football Manager um jogo que quer simular a realidade, o famoso Vídeo Árbitro (VAR) também marca presença na edição deste ano, assim como o Brexit e os impactos que terá para os clubes ingleses.

fm2019_4

Infelizmente neste caso o golo foi mesmo validado.

Este ano continua presente a possibilidade de jogar online contra amigos nossos, e finalmente o licenciamento oficial da Liga alemã.

Apesar das melhorias introduzidas, continuam a existir áreas do jogo a precisar de uma remodelação. A componente das entrevistas e conferências de imprensa torna-se rapidamente repetitiva, e a parte das redes sociais acaba por não trazer nada de relevante ao jogo.

Todos os anos a fasquia está alta, bem como a expectativa em relação às novidades. A edição de 2019 continua a tradição de aperfeiçoamento da edição anterior e introduz algumas novidades. As alterações feitas na componente táctica e de treinos fazem com que este seja, provavelmente, o melhor Football Manager de sempre



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This