Jimmy P. – Realidade e Sonho

Jimmy P. – Realidade e Sonho

A cura pela fala.

Arnaud Desplechin é um realizador de créditos firmados, já com filmes elogiados pela crítica e celebrados pelo público (Rois et reine, Un conte de Noël, entre outros) que desde vez arrisca numa obra em língua inglês, trazendo para o grande ecrã, uma história verídica, acerca de uma relação terapêutica entre um índio americano e um antropólogo de seu nome, George Devereux.

Devereaux, registou essa relação em livro (Realidade e Sonho), de onde nasce o roteiro para este filme.

Jimmy Picard (Benício Del Toro), é um veterano da II Guerra Mundial, que tendo sofrido uma forte contusão na cabeça, acredita ser essa a razão justificativa para as terríveis dores de cabeça, vertigens, convulsões, cegueira e ausências de que padece frequentemente.

Jimmy vive com a sua irmã Gayle (Michelle Thrush) e com o seu cunhado, sendo a sua irmã uma dedicada cuidadora, muito semelhante a uma figura maternal. Na sua companhia, Jimmy desloca-se ao hospital militar de Topeka, no Kansas, na esperança de encontrar uma explicação física para o seu sofrimento.

No entanto, apesar do seu forte traumatismo craniano e do seu evidente alcoolismo, não são encontradas razões físicas para as crises.

A possibilidade de tratamento através de psicoterapia é levantada pelos profissionais de saúde, contudo, sendo Jimmy um índio Blackfoot, a dúvida acerca da eficiência de um tratamento convencional num individuo de tradição cultural diversa, é muito grande.

Decidem então recorrer aos serviços do algo enigmático George Deveraux (Mathieu Amalric), um antropólogo franco-americano, nascido na Roménia e com trabalho de campo junto dos índios Mojave…esta incrível diversidade cultural de Deveraux, bem como o seu interesse na teoria psicanalítica de Freud, vem a permitir o sucesso da sua intervenção junto de Jimmy e no processo, a divulgação de conceitos ainda pouco divulgados na época, como a etnopsicanálise e a etnopsiquiatria.

O filme centra-se quase que em exclusivo nessa relação, documentando a viajem às memórias recalcadas de Jimmy, os seus sonhos e as suas dúvidas existenciais. Na boa tradição psicanalítica, os sonhos são interpretados, as relações e a sexualidade valorizadas e a autodescoberta incentivada.

Jimmy P. – Realidade e Sonho, é um filme invulgar a todos os níveis, que vive dos diálogos, dos planos extremamente próximos e prolongados, que parecem querer mostrar ao espectador, todas as cambiantes emocionais expressas nas faces de cada uma das personagens.

A estética cinematográfica de Desplechin, privilegia o intimismo das cenas e realça com grande eficiência o abstraccionismo das cenas relatadas como sonhos, o que vem ao encontro do título do livro e do filme.

O ritmo é lento e até as falas de Jimmy são extremamente pronunciadas, dando a ideia que Benício Del Toro pretende fazer de cada sílaba um discurso. Naturalmente que todas estas opções são estudadas e que com elas pretende Desplechin, acentuar o caracter minimalista da obra, o que na minha opinião, consegue muito bem.

A desviar a atenção deste diálogo incessante, existe ainda uma distracção na figura de Madeleine (Gina McKee), uma amiga muito colorida com quem, Devereaux, tem uma relação mais ou menos ilícita.

Jimmy P. É um filme extremamente interessante para quem gosta de filmes intimistas (ao nível de uma peça de teatro) ou para aqueles que apreciam observar as dinâmicas criadas entre seres humanos, bem como as nuances das suas emoções.

É um filme imperdível para a gente das ciências sociais e humanas, que daí retirarão oportunos ensinamentos e pertinentes questões.

Contudo é inegável, que jamais será um filme para as grandes audiências, que provavelmente não se identificarão muito com a progressão lenta da história e com a falta de um final trepidante.

Ainda assim, mesmo para estes últimos, vale a pena ver este filme. Que tem numa realização impecável e nas interpretações contidas mas credíveis de Benício e Amalric, os seus maiores trunfos.

Sai com um Satisfaz Bem!



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This