rdb_meninoavo_header

“Menino de Sua Avó”

Um encontro cénico entre Fernando Pessoa e a sua avó louca

Qual a fronteira entre a genuinidade e a loucura? Estaremos loucos se não nos comportarmos consoante a regra? Estaremos loucos, se nos exprimirmos, mais do que esperado pela sociedade, de forma intense e genial? Mais, sera o encontro com o lado de lá da vida, uma forma de loucura? Existirá o outro lado de lá, ou será apenas mera imaginação da nossa vontade? Estará, de facto, louco, quem pensa que uma experiência dessas pode contribuir, de alguma forma, para o seu crescimento pessoal? Enfim, quem são os outros para nos dizerem que somos loucos, afinal?

“Menino de Sua Avó” deixa-nos a pensar sobre tudo isto. Um encontro cénico entre Fernando Pessoa e a sua avó louca – assim a chamam – que nos conduz a uma viagem onde a vida de Fernando Pessoa é reconstruida Segundo a influência de sua avó. Uma avó intensa e com muito humor, que não tem medo, nem pudor, de mostrar o que sente e o pensa sobre as coisas da vida. Uma avó companheira, que ama o produto literário do seu neto, como mais ninguém o faz. Uma avó que faz tudo isto em vida – inclusivamente nos ultimos tempos, que passa num hospital psiquiátrico – e que continua a faze-lo na sua morte, mantendo uma ligação imaterial com Fernando Pessoa.

Esta é uma história de amor e companheirismo, que é também uma ode ao teatro, tão explorado pelas duas personagens ao longo de toda a acção, recriando outras figuras históricas que fizeram parte do percurso ou do tempo de Fernando Pessoa.

A Maria do Céu Guerra, tiramos-lhe o chapéu, pela interpretação fantástica.

Teatro Cinearte a partir de 16 de Maio
5ª a Sábado às 21h30 – Domingo às 17h
Informações e marcação de reservas: 213965360 / 213965275 /913341683 / 968792495

 

Fotografia de Luis Rocha – MEF



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This