“Mistérios de Lisboa” recebe Concha de Prata em San Sebastián

Depois do êxito do público, “Mistérios de Lisboa”, a grande produção cinematográfica de Raúl Ruiz, produzido por Paulo Branco, numa co-produção da Clap Filmes e RTP, arrecadou o prémio Concha de Prata – Melhor Realizador, na 58ª Edição do Festival de San Sebastián. A distinção de “Mistérios de Lisboa” num dos maiores festivais internacionais de cinema marca um novo fôlego na produção cinematográfica nacional. Um filme ambicioso que tem recebido os aplausos da crítica, sendo considerado uma obra-prima neste périplo pelos grandes festivais de cinema do mundo.

“Mistérios de Lisboa” foi exibido no domingo, dia 19, com a presença do cineasta chileno, o elenco e a equipa do filme que conquistaram a cidade espanhola com a adaptação da obra camiliana. O filme foi uma das dezoito obras em competição no Festival.

Depois da estreia mundial em Toronto, a obra de Ruiz chega ao prestigiado New York Film Festival, a 10 de Outubro, onde foi seleccionado para figurar a par de Hereafter de Clint Eastwood, assinalando o encerramento do festival americano.

Este épico de intriga e vinganças marca presença na Mostra de S. Paulo, a 23 de Outubro. O filme foi também seleccionado para integrar a selecção oficial do Festival Internacional de Cinema de Torino (a 27 de Outubro), o Festival de Cinema de Viena (a 30 de Outubro) e ainda o Festival de Cinema de Londres (a 23 de Outubro).

Um início fulgurante assinala a obra do cineasta chileno.

“Mistérios de Lisboa” estreia-se nas salas nacionais a 21 de Outubro.

TRAILER



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This