Restaurante Alfândega

Restaurante Alfândega

Junto ao Campo das Cebolas, um espaço sofisticado e descontraído

A Ana, o António e o Nuno recebem-nos no restaurante Alfândega para um jantar surpresa. Situado no antigo edifício da Alfândega de Lisboa, na freguesia da Madalena, zona onde se respira o ar pitoresco dos antigos bairros de Lisboa, o espaço revela-se um agradável contraste. Mantém todos os traços arquitectónicos da sala inicial, o pé direito alto, as ombreiras de pedra e o chão original associados a uma decoração contemporânea, cores luminosas onde prevalecem o vermelho e amarelo, bem como mobiliário de linhas rectas e sóbrias.

A Ana acompanha-nos ao jantar, fala do projecto que pretende associar comida, música, concertos e exposições. O espaço proporciona, mediante reserva, jantar e música pela noite dentro. Não será por acaso que a empresa que tutela o Alfândega se chama “MÚSICA NO PRATO”. António, o chef, um verdadeiro MC da cozinha, acumula a função de DJ de serviço. A comida é portuguesa com um toque inovador. As entradas de ovos mexidos com espargos e bolinhas de alheira com mostarda são divinais. Tudo com boa qualidade e óptima apresentação. A carta de vinhos é requintada; fugindo às marcas mais comuns, encontramos bons vinhos portugueses. O prato de camarão com caril foi acompanhado por um vinho tinto Dão Adega de S. Miguel, sugestão da Ana, que se revelou acertada, um vinho robusto, aveludado com um imenso bouquet. A conversa dura, prolonga-se até às 24h00, fala-se de tudo, arte, cinema, música, política, actualidade e claro… a crise. O Alfândega também tem uma estratégia para contornar a crise; oferece menus de almoço, com tudo incluído, por 9,5€ e menu almoço “light” e “ultralight” ainda mais baratos. Também tem jantares para grupos com menus na ordem dos 20€.

O espaço é agradável, requintado, tem boa onda e os preços são acessíveis. Os senhores da Troika, quando vêm ao Ministério das Finanças, que fica logo ali ao lado, vão almoçar ao Alfândega, certamente porque que sabem gerir as finanças e gostam do que é bom.

Fotografia por Graziela Costa. Galeria aqui.



Também poderás gostar


There are no comments

Add yours

Pin It on Pinterest

Share This