rdb_artigo_ricardoandrez

Ricardo Andrez

O newcomer da moda espanhola é português e chama-se Ricardo Andrez.

O sobrenome é de origem hispânica – herdou-o do bisavô – mas Ricardo Andrez, de 28 anos, é português, nascido e criado no Porto. Estudou moda na Árvore e no Citex, um percurso natural para quem foi sempre fascinado pelo “poder que um look ou uma peça de vestuário podem causar num determinado contexto”. Para ele, pensar a moda é pensar o corpo e é nessa perspectiva que pretende explorar imagens e produto.

Com o vestuário masculino como objecto de pesquisa, Andrez iniciou a sua própria marca em 2006. “Visto que monetariamente me era impossível desenvolver uma colecção completa, a ideia inicial foi eleger uma peça de vestuário por estação e explorá-la”, explica. A partir da camisa, da t-shirt e do casaco, criou três colecções. Respectivamente: “Empty” Inverno 06, “Lado Rosa da Força” Verão 07 e “Viela Neon” Inverno 07.

Em Setembro de 2007, “Viela Neon” foi  seleccionada para o El Ego da Pasarela Cibeles, showroom que integra a Madrid Fashion Week. “Foi uma experiência muito enriquecedora a nível de contactos com produtores de moda e revistas. Ver a reacção dessas pessoas foi como um teste ao meu trabalho”, declara. “Viela Neon” também marcou presença no “Lo + Fashion”, Corunha, desta vez em Fevereiro de 2008. O evento, direccionado para o público em geral, superou as expectativas a nível de vendas e “funcionou como uma montra. Montras precisam-se!”.

Largo versus justo: jerseys versus lycras. Motivos gigantes versus micro motivos: cavalos versus formigas. É este o conceito que sustenta “Size Matters”, a colecção de Inverno 08. “Era o projecto mais elaborado e ambicioso. Resolvi apostar tudo nele e demorar o tempo necessário para a sua concretização”, confidencia. Valeu o empenho: “Size Matters” venceu o prémio PasaFAD na edição de Setembro passado da Barcelona Fashion Week. O galardão reconhece o melhor talento emergente na moda espanhola. A vitória valeu-lhe 6 mil euros para investir na nova colecção e as apresentações garantidas nas edições seguintes da ModaFAD e no showroom 080, eventos integrados na Barcelona Fashion Week.

Para além da visibilidade, Espanha tem sido um incentivo para que o designer continue a trabalhar. “É muito gratificante verificar que há pessoas que compreendem a tua perspectiva”. Em Portugal “parece que a moda está em banho-maria. Basta atravessar a fronteira e tens imensos concursos, showrooms, revistas… tudo acontece!”.

Questionado acerca do seu universo criativo, Andrez diz ter muitas influências, mas especifica que “anda muito em redor da interpretação do sport e street wear“. Essa interpretação é evidente se observarmos os materiais utilizados – jerseys, felpas, lycras e sintéticos – que remetem para os clássicos das marcas desportivas dos anos 80. Outra das características do designer é a pesquisa de novas formas de construir peças base: as t-shirts são reformuladas e os casacos reinventados através de cortes e encaixes complexos que fazem nascer peças de outras peças. O lado gráfico é psicadélico/tribal, divertido e multicolor. “É um universo colorido, saudável e estruturado!”, diz acerca do seu próprio trabalho.

Ao mesmo tempo que desenvolve a sua marca (à venda nas lojas Àguas Furtadas e Quarto de Cima), Andrez colabora com uma empresa de styling e coordenação de moda. “Aprendo imenso! É como uma ferramenta. Ajuda-nos a ter muito mais depressa a noção do que poderá, ou não, funcionar”. O criador também coordena o Acrobactic, concurso português de design de moda que pretende dar visibilidade aos vencedores e incentivar a produção de futuros projectos.

Março vai ser um mês em cheio para Andrez. O desfile da 5ª edição do Acrobactic decorre no dia 6. Nos dias 20 e 21 apresenta a nova colecção com desfile individual na ModaFAD e participa no showroom 080, eventos integrados na Barcelona Fashion Week. “Terei oportunidade de contactar com a imprensa e compradores e mostrar detalhadamente o meu trabalho”. Na semana seguinte participa, também com desfile individual, na Pasarela Abierta, em Murcia, Espanha.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This