barbour_header

The Barbour Steve McQueen Collection™ AW13

A semente foi plantada em 1894, pela mão do escocês John Barbour que fundou a empresa em Inglaterra. Começou a direcionar a vasta gama de vestuário aos homens da região, investindo na criação de casacões oleados muito práticos para marinheiros e pescadores e, mais tarde servindo agricultores, pastores e proprietários de grandes casas e quintas no campo.

A Barbour surgiu-me há alguns anos numa pesquisa para a cadeira Marketing de Moda. Precisava de marca enraizada, clássica, tradicional, que vendesse bem no seu país de origem e que se inspirasse em elementos deste. Encontrei exatamente aquilo que procurava.

Hoje, ainda é este cheiro a água salgada e terra molhada que se sente quando vemos as colecções desenvolvidas, que mantém o espírito british country. Mas não é apenas esta história que a Barbour nos conta, fala também de militares que envergaram a etiqueta durante inúmeras batalhas, de motociclistas que se protegeram dos ventos com as peças enceradas…
Esta estação revive-se a importante corrida desta modalidade: International Six Trials na Alemanha, em 1964, entre equipas britânicas e norte-americanas. Steve McQueen é o herói da narrativa, ator de Hollywood, que envergou um Barbour Thunder Jacket, um casaco caqui ao estilo militar, homenageando Inglaterra e Estados Unidos da América com os emblemas de ambos os países sobrepostos.

barbour

Passadas décadas, os criativos da casa britânica transformaram peças e elementos da época revitalizando-os e inserindo-os na energia mais jovial e moderna da marca. Desde os casacos preferidos de McQueen reinventados a t-shirts estampadas com momentos do ator em competição, camisas e jeans, tudo trabalhado em celebração e ao ator, aos dois países e à Barbour que mistura tradição e modernidade, servindo a um maior público alvo.

barbour

 



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This