“500 Marmitas e Refeições Prontas” | Rebecca Baugniet

“500 Marmitas e Refeições Prontas” | Rebecca Baugniet

A dose diária de gourmet laboral

Longe vão os tempos em que levar a marmita para o trabalho provocava um sentimento de vergonha semelhante ao de entrar na casa do senhor apenas vestindo roupa interior. Reflexo da crise ou gesto de poupança para fins mais elevados, a marmita tornou-se num bem universal, que uniu colegas de trabalho ao redor de uma mesa comum ou, em alternativa, os fez trocar algumas palavras de ocasião entre garfadas e olhadelas furtivas aos pequenos ecrãs.

500 Marmitas e Refeições Prontas” (Booksmile, 2013), da autoria de Rebecca Baugniet – mais um volume da colecção 500 Receitas -, é dirigido a quem pretende «poupar tempo e dinheiro com as suas refeições no trabalho, sem descurar a qualidade e a diversidade da alimentação.» Para facilitar a tarefa, a maior parte das receitas são preparadas num único recipiente, trazendo à memória a visão de Panoramix a atirar com todo o tipo de ingredientes para dentro de um caldeirão fumegante.

Uma vez mais e à semelhança de anteriores livros da colecção, há uma lista do equipamento necessário para meter mãos à obra – essencialmente panelas, caçarolas e assadeiras -, uma pequena apresentação dos ingredientes mais utilizados ou o ABC para preparar os caldos que servem de complemento a muitas das receitas. Quanto a estas, aparecem divididas em variados tópicos: familiares, massas e arrozes, elegantes, carne, aves, peixe e marisco, legumes, leves, rápidas e facílimas e de todo o mundo.

O sentimento de gula é desperto com facilidade, seja pelo empadão de rigatoni e chouriço, a lagosta à florentina, o empadão de penne com queijo ricotta e pesto, o pato crioulo ou a jambalaya. Simples de preparar e de custo baixo, as marmitas vieram para ficar e recomendam-se. Percam a vergonha, leiam o livro e preparem, enquanto o diabo esfrega um dos seus muitos olhos, a vossa dose diária de gourmet laboral.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This