Aerobica Battles @ Musicbox (9-10-2015)

Aerobica Battles @ Musicbox (9-10-2015)

A mítica festa da noite portuense rumou (uma vez mais) à capital para um terceiro round bastante intenso

Depois de sete enérgicos anos na “casa mãe” do Passos Manuel no Porto, o Musicbox confirma-se cada vez mais como a casa oficial a sul das Aerobica Battles. Ou o seu ginásio oficial, se assim o quisermos. Afinal de contas, quando falamos desta festa falamos de um revival altamente kitsch do ambiente (e estética fitness) das décadas de 80 e 90.

Nas Aerobica Battles o conceito de festa é levado até às últimas consequências; prova disso foi a intervenção das autoridades ao provocarem o encerramento repentino das mesmas, não havendo assim a possibilidade de nos despedirmos com mais uma épica sessão de ginástica final.

Até cerca das duas da manhã a animação esteve a cargo de Vanice Love, a nossa anfitriã designada. Foi ela a responsável pelo nosso cardio warm-up, ao som dos maiores hits de karaoke, num catálogo eclético que engloba um pouco de tudo entre o final da década de 80 até meados dos 00’s. Como sempre acontece, foi o público o principal responsável pelo ambiente de festa. Foi ele quem participou, cantou, dançou, de corpo (sempre) presente em cima do palco ou no canto mais recôndito da pista do Musicbox.

Aerobica Battles @ Musicbox (9-10-2015)

Da Invicta a Aerobica trouxe não só a sua Crew, mas também a dupla de DJ’s MVRIA & Sininho, que tiveram a tarefa de partilhar a mesa de mistura balançando alguns hits ultra-dançáveis com algumas referências mais remotas da club scene.

A batalha da noite travou-se entre CVLT e TROL2000. CVLT com o seu set deu uma lição de história da dance music, tendo percorrido um leque bastante eclético, que incluiu desde 70’s disco até às raves dos anos 90. Os clássicos mais recentes também não foram esquecidos.

TROL2000 define-se como um artista claramente underground, desde muito cedo ligado ao ambiente punk e do graffiti, e interessado desde tenra idade pelo fenómeno da música electrónica. Com mais de 15 anos de actividade como DJ, em sítios tão díspares como o Lounge e o Desterro, no seu set o house e o techno foram predominantes pela madrugada dentro.

No final desta “batalha” houve um claro vencedor da noite… o público.

Ficamos já à espera da próxima.

Fotografia por Luísa Quintela



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This