vilar_de_mouros_2019

EDP Vilar de Mouros 2019 | Antevisão

A grande novidade deste ano é a introdução de um novo palco (Palco MEO) que certamente reduzirá os “espaços mortos” sem música e levará a um melhor aproveitamento e distribuição das pessoas pelo magnifico recinto.

Faltam cerca de 15 dias para a vila minhota normalmente caracterizada pela pacatez ser invadida por muitos para quem o apelo da música os faz percorrer quilómetros e até mesmo fronteiras. O festival mais antigo da península ibérica, que é para muitos o verdadeiro festival de Portugal, abre as suas portas a 22 de agosto para três dias repletos de sonoridades que cruzam várias gerações.

O EDP Vilar de Mouros, depois de há uns anos atrás ter estado a ponto de desaparecer, tem-se modernizado sem perder a sua verdadeira essência que é o cruzamento de estilos musicais do mais eclético possível com a vivencia da natureza rural no seu estado mais puro.

Além das habituais “boleias” gratuitas entre a estação de Caminha e o local do festival, do campismo com tenda própria ou alugada com possibilidade de entrega do pequeno-almoço na tenda (3,50€), a grande novidade deste ano é a introdução de um novo palco (Palco MEO) que certamente reduzirá os “espaços mortos” sem música e levará a um melhor aproveitamento e distribuição das pessoas pelo magnifico recinto. De ressalvar que os dois palcos nunca funcionarão em simultâneo permitindo desta forma aos festivaleiros que usufruam do festival a 100%.

Um festival para ser uma referência tem de ter um cartaz de eleição, O EDP Vilar de Mouros tem-no tido e este ano não será exceção. Mais uma vez o festival apresenta um cartaz extremamente eclético e capaz de agradar a um público vasto e heterogéneo.

O cartaz fechado há já algum tempo apenas sofreu uma alteração com os “tri-desistentes” Killing Joke a serem substituídos pelos Therapy?. Após esta mudança o cartaz completo (ainda sem horários definidos) ficou estruturado da seguinte forma:

Dia 22
– Manic Street Preachers
– The Cult
– Anna Calvi
– Theraphy? (Palco MEO)
– The Wedding Present (Palco MEO)
– Tape Junk (Palco MEO)

Dia 23
– The Offspring
– Skunk Anansie
– Nitzer Ebb
– The Sisters of Mercy (Palco MEO)
– The House of Love (Palco MEO)
– CLAN OF XYMOX (Palco MEO)

Dia 24
– Prophets of Rage
– Gogol Bordello
– Linda Martini
– Gang of Four (Palco MEO)
– Fischer-Z (Palco MEO)
– Jarojupe (Palco MEO)

Preço dos bilhetes
Passe geral: 70€ (com direito a utilizar o parque de campismo)
Bilhete diário: 35€ (possibilidade de pagamento de 5€ adicionais para usufruir do parque de campismo por 1 dia)

Transporte
A parceria com a CP permite aos festivaleiros utilizarem os comboios de acesso a Caminha com um desconto de 30% nos comboios intercidades, regionais e inter-regionais ou pelo preço fixo de 2€ (ida e volta) para os comboios urbanos do Porto.
Será montada uma rota de autocarros que fará a ligação de forma gratuita entre a estação de caminho-de-ferro de Caminha e Vilar de Mouros.

Bilhetes à venda nos locais habituais

Mais informação:
www.edpvilardemouros.pt



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This