festacinemaitaliano2

Antevisão 8 1/2 – Festa do Cinema Italiano

O 8 1/2 regressa com o melhor do cinema Italiano, uma quarta edição com novidades e novas rúbricas para aquecer Lisboa em Abril, de 14 a 21.

Os Italianos adoram o seu cinema – metade dos bilhetes comprados nas salas de cinema Italianas em 2010 corresponderam a filmes nacionais, que muitas vezes têm receitas superiores aos sensaborosos blockbusters Americanos. Isto significa que há muita coisa que nos passa ao lado e a Festa do Cinema Italiano vem mostrar-nos o que se faz por lá, com retrospectivas e estreias, videoclips, curtas-metragens e festas pela capital. Depois da perfeita edição do ano passado, é com surpresa que acolhemos estas novidades com muita curiosidade, porque já estávamos com saudades de ver bom cinema Italiano.

Na secção de competição temos sete filmes que foram premiados e elogiados durante o ano passado, em estreia absoluta em Portugal. Mais de um terço dos filmes produzidos anualmente em solo Italiano são primeiras ou segundas obras – o que quer dizer que temos um cinema emergente e em constante evolução e, como foi comprovado nas outras edições, há muito boas surpresas para descobrir.

A secção Panorama vai mostrar-nos o melhor da comédia Italiana da última temporada, e é também nessa secção que fica “A Solidão dos Números Primos”, o filme de encerramento da Festa. A secção Il Corto vai apresentar curtas-metragens em colaboração com o Festival de Curtas-Metragens de Vila do Conde, e este ano o 8 1/2 vai também contar com uma retrospectiva especialíssima dedicada à escola documental ZeLIG, uma das mais conceituadas, fundada em 1984. Para além da exibição dos filmes vamos poder contar com alguns representantes da escola durante as sessões. Oportunidade única para sincronizar conhecimentos com uma abordagem séria ao documentário europeu.

Outra abordagem diferente à forma de fazer o design, a música, a fotografia, o vídeo, o cinema e as artes plásticas é dada pela Fabrica, um laboratório de experimentação apoiado pela Bennetton, uma referência no circuito internacional. O 8 1/2 vai-nos apresentar uma sessão especial com projecção de filmes, encontros e apresentações. Atenção às escolas de design e cinema, que têm aqui uma oportunidade de privar com Sam Baron, o director da área de design da Fabrica e obter mais informações sobre o Centro de Pesquisa e todas as outras actividades de colaboração que este laboratório de arte oferece.

Em parceria com a Cinemateca – Museu do Cinema, a Festa do Cinema Italiano vai apresentar-nos uma secção de retrospectiva da comédia Italiana. Armacord vai mostrar-nos grandes obras dos mestres Dino Risi, Ettore Scola, Luigi Comencini, Antonio Pietrangeli e Pietro Germi. Ocasião para saborear filmes como “Tutti a Casa”, “Divorzio All’Italiana” ou “Una Giornatta Particolare”.

A última secção do festival é também uma estreia, Acolta / Música Para Ver mostra-nos uma selecção de videoclips Italianos. Há ainda uma conversa entre Bernardo Sassetti e Ludovico Enaudi, conhecido compositor de bandas-sonoras, a acontecer no Conservatório Nacional. Para completar a Festa temos… as festas. A Festa de Abertura é no dia 14 pelas 21h30 na esplanada das Portas do Sol. Como de costume, há a festa do Clube Vespa na discoteca Europa, um concerto com L’Orchestra Di Piazza Vittorio e a festa de encerramento no dia 21, no bar Odessa, em Santa Apolónia.

Motivos mais que suficientes para entrar pelo cinema dentro, com um gosto especial a Itália, e comprovar a mestria e a divertida assertividade deste povo tão próximo de nós. Nem só de pizza vive o Homem: estes filmes são a dieta certeira para encarar todos os Verões da vida com muita vivacidade.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This