LucasBoraBora_header

Lucas Bora-Bora

"Gosto da ideia de ir melhorando dia após dia e de o mostrar aos outros" – a simplicidade de um jovem que começa a palmear o mundo das canções em universos criados com todo o respeito.

O Natal e o Carnaval são quando o Homem quiser. Sendo o Homem um ser insatisfeito por natureza, este decidiu elevar o Verão a tal categoria. Será a versão masculina de Carmen Miranda? Um alter-ego? Não! Senhores e senhoras, apresento-vos Lucas Bora-Bora.

“Não há crianças em Las Vegas” é o primeiro EP lançado pela já afamada editora Optimus Discos, cuja aposta em novos projectos na música portuguesa é mais do que triunfante.

Este EP completa-se com quatro temas originais, compostos pelo próprio, e que nos contam histórias bastante reais e que, em tom de paródia, debatem assuntos sérios. O facto de as pessoas se levarem demasiado a sério fez com que Lucas Bora-Bora pegasse em temáticas do quotidiano e as desfragmentasse e tratasse de forma leve e subtil. Para além destes temas originais, o álbum conta com a remix do single «Deus na Rádio» feita pelo Armando Teixeira (Balla) e a canção «Café» em formato refix feita pelos Salto.

As canções sabem a sal e a água da praia; sabem a belos refrescos de fruta e dão vontade de dançar com os chinelos de enfiar no dedo. A musicalidade pop mixada com loops electrónicos dá um toque divertido às peculiares letras. Se a Carmem Miranda fosse viva, certamente que fariam um dueto fenomenal juntando o belo samba baiano com a animação subtil do pop electrónico. Do elogio ao “deus da rádio”, em analogia à ideia de sucesso fácil, aos gritos “à la Prince” que marcam o início do álbum e uma bela ode aos “rufias que bebem café” fazem com que os 22 minutos de duração do álbum passem a correr e deixem a nossa imaginação voar, como se estivéssemos de ferias no Dubai.

Em palco, para além do colorido papagaio Jordão, Lucas Bora-Bora conta com o apoio de dois dos seus amigos da sua banda inicial – Os Velhos – onde é baterista. A aprendizagem é um caminho que Lucas Bora-Bora pretende trilhar no mundo da música.

A promessa de criação de um novo disco mantém-se e avizinham-se coisas novas e universos diferentes. Talvez para o Verão tenhamos novos ritmos, mas desta vez com outros sabores climáticos.

Vejam a entrevista em vídeo na galeria associada ou directamente aqui.

Fotografia e vídeo por Joana Cardoso.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This