“Mandela, o rebelde exemplar” | António Mateus

“Mandela, o rebelde exemplar” | António Mateus

A maravilhosa história de vida de Madiba

Numa altura em que o mundo ainda chora com pesar o adeus de Nelson Mandela, não existe melhor forma de homenagem do que reviver e sentir o percurso de um homem que ousou lutar contra o poder cego e instituído de uns, em favor de um ideal que se tornou numa das maiores bandeiras no que à solidariedade diz respeito e que teve, como grandes fontes de inspiração, a liberdade e o direito à existência.

E é isso que o jornalista António Mateus faz em “Mandela, o rebelde exemplar” (Planeta, 2013), um livro que tem como propósito afirmar-se como a primeira biografia de Madiba pensada para um público mais jovem, apresentando como uma das suas mais-valias as ilustrações de Nuno Maldonado Tuna.

António Mateus, um dos nomes maiores do jornalismo nacional, é atualmente repórter e correspondente da Lusa e da RTP em Moçambique e Joanesburgo e, para a elaboração deste livro, teve como precioso auxílio os anos de experiência que viveu por terras africanas, continente que lhe permitiu conhecer intimamente a pessoa de Nelson Mandela, tendo tido a honra de o entrevistar assim como a outras personagens da elite política e social africana.

Através de uma escrita direta, concisa, descontraída e apaixonada, Mateus torna “Mandela, o rebelde exemplar” uma obra de leitura obrigatória, não só para um auditório mais jovem mas para todos aqueles que queriam aprofundar o seu conhecimento sobre o homem que encarou de frente a omnipotência do regime do apartheid, dando a conhecer importantes e decisivos pormenores que se estendem da infância de Mandela até à transmissão do seu legado ao mundo, passando pelo relato de algumas experiências de vida de um homem que, mesmo injustamente encarcerado, manteve a paz de espírito e consciência livre de nunca baixar os braços perante qualquer adversidade.

A este olhar humano de um ser que se transforma num líder mundial, alicerçando a sua filosofia de vida em pressupostos como a tolerância e humildade, António Mateus aproveita as páginas deste livro para dar a também conhecer a rebeldia própria de um rapaz nascido em Mvezo, África do Sul, que viu a vida moldar-lhe uma personalidade inicialmente emotiva e egocêntrica.

As últimas páginas de “Mandela, o rebelde exemplar” reservam espaço para uma cronologia do Nobel da Paz, assim como da sua pátria, notas que conferem uma maior contextualização ao seu todo assim como às várias citações que se estendem durante as mais de 150 páginas deste livro extraídas de “Um longo caminho para a liberdade – Autobiografia de Nelson Mandela” e “O legado de Mandela – Quinze lições de vida amor e coragem”, de Richard Stengel, obras que, segundo António Mateus, são fundamentais para alargar ainda mais o conhecimento de um estadista que afasta de si qualquer espetro de “santidade”.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This