Memorabilia_Mário Tavares_HEADER_12122011

Memorabilia

O mundo no palco do Teatro Maria Matos.

O público, que neste espectáculo partilha o palco com os actores, uma vez que a plateia se insere no mesmo, depara-se com um pequeno compartimento, levemente decorado, com duas portas e uma janela, onde duas personagens, uma masculina e outra feminina, se movem delicadamente, numa espécie de quadro vivo, uma pintura à escala real que representa o século XVIII. Mas o espectáculo em si nada tem a ver com essa época, mas sim com o ano que agora termina.

Anabela Almeida e Manuel Moreira, nos seus figurinos setecentistas, apresentam, num ritmo muito próprio, factos e curiosidades que foram notícia este ano, desde a praga de pombos que assolou o conselho de Benavente, aos escândalos de Berlusconi, passando pelas novidades políticas e económicas nacionais ou mundiais.

Com pequenas pausas dadas à reflexão e apontamentos cómicos, como o da personagem feminina em bicos de pé a tentar perceber de onde vem a magnífica voz que se ouve e que os interrompe, ou dos deslizes ditos por um que divertem o outro e das notícias em rima que divertem quem ouve, este espectáculo traz à luz, de uma forma muito interessante, acontecimentos que vão ser recordados por alguns, esquecidos por outros, mas que construíram aquele que foi o ano de 2011.

De realçar a coesão entre todas as partes que caracterizam o espectáculo e que o tornam num todo em perfeita harmonia: os tons de dourado e amarelo da pequena sala setecentista, do palco, dos figurinos e o jogo de luzes que fazem sobressair ainda mais estes elementos, e ainda a banda sonora que enquadra perfeitamente o ambiente em que se movem as personagens solidamente interpretadas pelo elenco.

Uma co-produção mala voadora e Teatro Maria Matos para ver até 18 de Dezembro.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This