“O Jogo do Leão” | Nelson DeMille

“O Jogo do Leão” | Nelson DeMille

Da guerra fria ao deserto escaldante do terrorismo

O cenário de fundo para os crimes de poder inter-países e as intrigas de espionagem transferiu-se, com a adicionante chamada terrorismo, do antigo bloco de leste para o mundo árabe.

Com “O Jogo do Leão“, publicado em 2000 – pouco antes do 11 de Setembro de 2001 -, Nelson DeMille foi visto como um visionário, ao basear-se num acontecimento histórico – o ataque aéreo norte-americano à Líbia a 15 de Abril de 1986 – para discorrer sobre um ataque terrorista, os motivos que podem accionar e formar uma mente terrorista, as consequências para as gentes anónimas e para os menos inocentes e a força do combate personificada por agentes de múltiplas origens, mas sempre com uma grande dose de coragem.

No livro temos uma dupla perfeita – Jonh Corey e Kate Mayfield -, que surge numa taskforce que reúne agentes do FBI, CIA e outros VIP´s das forças de segurança dos EUA, para resolver um grande golpe contra os Estados Unidos personificado pelo líbio Asad Khalil. John Corey é uma das personagens cuja carreira podemos acompanhar ao longo de cinco romances de Nelson DeMille, e que nos deixa sempre com vontade de seguir a sua vida assombrosa.

Nelson DeMille consegue, com esta  dupla – melhor que a dos ficheiros secretos -, oferecer-nos uma leitura entusiasmada, em ritmo de sprint e com gargalhadas à mistura, em resposta ao humor brilhante e antissistema de John Corey, não obstante o cenário sério de luta contra o terrorismo.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This