5bbbf99e3ajpg

Blank Banshee @ Musicbox (10.05.2019)

Patrick Driscoll, a face por detrás da máscara de Blank Banshee, demonstrou toda a panóplia de recursos da sua caixinha de música distorcida e adulterada, mas que tanto nos fascina.

Um dos primeiros nomes a singrar através dos canais do Bandcamp passou pelo Musicbox, naquela que foi a quarta data da sua digressão europeia, para uma demonstração da sua sonoridade bem sui generis. Depois de um aquecimento por parte de Nuno Lopes, que continuaria aos comandos dos decks após a performance de Blank Banshee, o canadiano tomou conta das operações.

Para esta tour denominada “Metamorphosis”, Blank Banshee trouxe projecções de uma natureza mecânica, com insectos geneticamente modificados e plantas robóticas, que apesar desta realidade futurista pareciam conviver em harmonia, tendo conquistado os campos através da sua imparável veia mecânica. Um pouco à imagem do feito de Blank Banshee na prolífera selva do Bandcamp. Os zooms efectuados a esta realidade projectada no fundo do palco do Musicbox assemelham-se aos planos macro que o artista canadiano faz ao seu próprio som, aumentando muita vez os ângulos obtusos onde alicerça as suas faixas.

Patrick Driscoll, a face por detrás da máscara de Blank Banshee, demonstrou toda a panóplia de recursos da sua caixinha de música distorcida e adulterada, mas que tanto nos fascina. Soa a um cruzamento entre Art of Noise, broken beat, UK garage, e Daft Punk. Por vezes afigura-se como uma tropicália distópica com melodias sincopadas, movida por ondas de som revolto, com ondas temporárias de ritmo avassalador para verdadeiros technoheads. E a nossa alma embala nesta hipnose colectiva, onde os teclados soltam balões de oxigénio, como se diversos divãs tivessem sido espalhados pelos recantos da pista de dança.

E que melhor sítio para abrir uma caixinha de música que o programa clubbing do Musicbox? Resta-nos agora aguardar pelas novas criações de Blank Banshee, prometidas para 2020.



Também poderás gostar


Pin It on Pinterest

Share This